20 de abril de 2021

A marca de Xôtun | Emerson Silva

   Olá meu povo, como estamos? Hoje temos resenha de mas um conto nacional, A marca de Xôtun, de Emerson Silva.
A marca de Xôtun | Emerson Silva
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

OBS.: Livro digital cedido gentilmente em parceria com a editora Confraria Crônicas Fantásticas. 

17/24

Livro: A marca de Xôtun

Autor: Emerson Silva 

Editora: Confraria Crônicas Fantásticas 

Páginas: 161

Ano: 2021

Elizabeth é uma corajosa maruja trabalhando a bordo de um navio mercante. Tudo ia bem até que piratas elfos atacam e a embarcação. Ela é levada como prisioneira e mantida como escrava até o dia em que seus raptores encontram uma misteriosa ilha. Elisabeth precisará explorar o seus limites para conseguir superar os desafios que encontrará em seu caminho. O que será que a aguarda nesta ilha?

A marca de Xôtun | Emerson Silva

   Sejam bem vindos ao mundo de Astherum. Aqui você vai encontrar elfos, magos, anões e tudo mais que você puder imaginar de personagens fantásticos. 
   Mas também irão encontrar humanos. Elizabeth é uma jovem que ama aventuras, pois sempre foi ensinada a viver seus sonhos com seu pai e sua tia. 
   Seu pai era um pirata lendário, que viva em mi e uma aventuras pelo mar, enquanto sua tia era dona de uma taberna, mas que lutava como ninguém. 
   Sendo assim, a mocinha cresceu querendo também viver uma vida movimentada e com bastante história para contar. 
   E vai parar como maruja num navio. Mas algumas coisas acontecem no mar, e ela caba sendo feita de prisioneira em outro navio inimigo. Apesar de ser uma mulher forte, ela não é de ferro, e sabe que não pode ceder ao medo, por mais difícil que pareça. 
   E tudo parece complicar ainda mais quando ela é forçada a ir para a ilha de Xôtun, uma ilha misteriosa, que supostamente guarda tesouros valiosos. 
   O problema é que ninguém sabe que tesouro de fato é esse… e quem procura… acha… 
   Confesso que não esperava um conto de fantasia tão cedo, mas A marca de Xôtun acabou vindo no pacote das Crônicas Fantásticas desse mês. 
   Ler vários contos do mesmo autor é bom, pois podemos acompanhar a evolução (ou não) da escrita dele. 
   Mas também tem algumas desvantagens, como já saber onde estão suas falhas e esperar por elas no próximo conto. 
   Aqui, eu vi o mesmo “problema” que vi em ‘O segredo de Kazan’: o autor se perdeu demais nas descrições de várias cenas desnecessárias e que poderiam ter sido resumidas em poucas linhas. 
   Com relação ao tema, o Emerson soube lidar muito bem com a fantasia e o mistério que envolvia a ilha, desenvolvendo com maestria e dando até um desfecho interessante. 
   Acho também curiosa a persistência dele em manter uma protagonista feminina em suas tramas. Ainda sou da opinião que é um terreno perigoso um homem escrever personagens femininas girlpower, pois corre o risco de acabar romantizando demais e o tiro sair pela culatra. 
  Apesar disso, parece que ele está fazendo bem o seu dever de casa pois, ao contrário do que vi no conto anterior, aqui Elizabeth é mais centrada e forte. 
  Embora sejam poucas páginas, ela conseguiu me conquistar mais que as outras protagonistas do autor. Talvez a aventura da ilha de Xôtun também tenha sido a responsável por isso, já que a ilha em si é um mistério a parte e, muito provavelmente, você nem saia vivo de lá para contar a história. 
   Apesar de não ter acompanhado com afinco a série, ler sobre Xôtun me lembrou em parte Lost, mas com um toque mais fantasioso do que scifi
A marca de Xôtun | Emerson Silva
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna
   O final, surpreendentemente, foi fechado, o que me ganhou mais ainda dessa vez, e gostei bastante do conto. 
   Com relação ao livro em si, a diagramação é só elogios. O miolo tem uma fonte bem legível (até demais, já que são grandes), a revisão está de parabéns, como sempre e nos faz viajar junto com os personagens. 
   A capa é um mapa daqueles antigos, que te faz viajar mais ainda, seja na fantasia, seja no tempo, já que também lembra histórias de piratas. 
   

  E aí, o que acharam do livro? Me contem aí! 😉 
     

   
 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui