19 de março de 2019

Amantes das séries: O príncipe dragão

   Olá meu povo, como estamos? Hoje eu tenho a indicação de uma série bem fofinha, que descobri no catálogo da Netflix e ganhou meu 💓. Sim, estou falando de ‘O príncipe dragão‘.

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

O príncipe dragão

   Ok, ok… essa não é uma série propriamente dita… é uma animação… mas está no quadro Amantes das séries, pois achei que vale muito a pena comentar sobre ela para vocês. Quem assistiu Avatar – A lenda Aang, vai notar bastante semelhança entre os traços de O príncipe dragão. Isso porque ambos foram idealizados pelo mesmo roteirista Aaron Ehasz.
   Se você curtiu toda a mitologia, ensinamentos e cenas de ação de Avatar, com certeza vai amar essa nova produção. Comandada pela produtora de televisão Wonderstorm, que conta com especialistas por trás de League of Legends e Uncharted, essa animação tem tudo para dar certo.
   E aqui nós temos a história de um tempo antigo, onde humanos e elfos conviviam em harmonia, até que humanos ficaram ambiciosos e queriam saber mais sobre a magia dos elfos, a qual era proibida aos mortais. Além disso, do mesmo jeito que os humanos tinham realeza, os elfos se curvavam perante dragões, que eram seus reis e protetores.
   Porém, em sua ganância, os humanos aprenderam não a magia dos elfos, mas a magia negra. Como punição por terem aprendido algo proibido, os elfos baniram os humanos das terras de Xandia. E para se vingarem dos elfos, entraram em guerra, na qual mataram todos os dragões que existiam. Isolados em Xandia e com sede de vingança, os elfos se unem para matar o rei humano, que comandou  assassinato do último rei dragão.

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

   E é nessa missão que conhecemos nossos personagens. O rei de Katolis (o povoado humano), Harrow,  é a vítima do plano dos elfos, o qual tem um filho e futuro rei, o príncipe Ezran e um enteado, o jovem Callum. Os meninos acabam caindo nas mãos de Rayla, a elfo que precisa provar para seu mestre que é uma boa guerreira. Enquanto seu mestre entra no quarto do rei para matá-lo, Rayla acaba caindo de paraquedas no quarto dos meninos, que percebem a invasão e ficam desesperados. Apesar de serem proibidos de usarem a magia negra, Callum sempre quis aprender e é um curioso pelas coisas do tio, um bruxo poderoso e que esconde um segredo que nem os elfos sabiam: Ao matarem o rei dragão, foi encontrado um ovo, que ficou guardado a sete chaves no palácio desde então.

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

   Ao ver que ainda há esperança de que um novo rei dragão volte a Xandia, Rayla muda de ideia e resolve levar o ovo para suas terras, a fim de provar que não era preciso matar nenhum rei humano… porém já foi um pouco tarde e, no meio da confusão, Harrow morre pela mão de um dos elfos. E aí começa nossa aventura, já que Rayla quer levar o ovo sozinha, mas Callum não quer que ela leve o crédito todo pela missão, afinal eles também ajudaram a proteger o ovo. E não pode deixar o pequeno Ezran sozinho, pois ele é seu irmão mais novo. Assim, seguem os três, acompanhados do ovo e de Isca, o sapo de luz muito fofo e pet de Ezran nessa aventura até as terras de Xandia.

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

    Fiquei super curiosa quando vi a primeira temporada disponível no catálogo do Netflix. Tinha um bom tempo que não assistia uma animação que me prendesse e fiz o teste… Acabou dando certo. Imagina minha nostalgia ao ver uma animação, onde os traços me lembravam Avatar, uma das minhas histórias favoritas.
    Vi até o final e fiquei doida quando a Netflix produziu a segunda temporada. Aqui nós temos, apesar de uma animação voltada para crianças, várias mensagens para adultos, já que a trama é bem elaborada e com várias mensagens para nos fazer pensar. Aqui temos laços de amizade, sonhos, brigas pelo trono, povos em guerra…
    Os efeitos são bem feitos, a trama é envolvente, os personagens uma gracinha… Temos Callum, que é filho apenas da rainha, já falecida no começo da história. Ela se apaixonou pelo então rei Harrow, com quem teve Ezran, o verdadeiro herdeiro de Katolis. A rainha era uma guerreira, cuja irmã é uma dos generais de Harrow. E o tio das crianças, é o real vilão da história e cheio de segredos ainda não revelados. Enquanto o rei é acusado de assassinar o último rei dragão, há rumores de que na verdade o rei dragão foi morto por magia negra, que só poderia ter vindo do tio… mas ele é bastante inteligente e sempre tem uma carta na manga para se safar da acusação.
   E aí temos o jogo político, já que o tio se aproveita que os meninos saíram para levar o ovo até Xandia, mas ele sabe muito bem que Rayla está com eles, e a acusa de sequestrar o futuro rei inocente. Assim temos novamente uma guerra entre humanos e elfos, por conta de informações falsas.. Mas até provar que os meninos foram de livre e espontânea vontade, muita água vai passar por baixo da ponte.

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

   Callum quer aprender magia a todo custo. Ele não tem talento para ser guerreiro que use armas, não pode ser rei, já que não filho legítimo de Harrow, e sua única alegria é quando um feitiço dá certo… Só que ele não sabe que a magia dos elfos é tão forte, que os humanos não resistem à sua força… E a única que resta é a magia negra, a qual toma a alma da pessoa… Mesmo sabendo disso, Callum quer achar uma forma de ter a magia dos elfos sem morrer. E isso vai levar uma boa jornada, com muita paciência e sozinho, já que nenhum elfo o quer ajudar.
   No entanto, temos uma prima dele, que é uma aspirante a bruxa, fazendo magia negra por conta do pai dela, mas também os feitiços dão errado… Então acaba sendo engraçadas as cenas em que ambos querem mostrar que sabem fazer magia, mas nenhum dos dois acertam… e quando dá certo eles comemoram tanto que esquecem que estão numa luta… 😂

O príncipe dragão
Foto: Divulgação

   A parte mais fofa é quando o sapo de luz aparece. Ele parece mais um camaleão, mudando de cor a todo momento. É o pet de Ezran, mas vai disputar espaço com o dragãozinho, que acaba nascendo no meio do caminho. Apesar de ser um príncipe, é um filhote muito fofo. É uma disputa de fofura que vai derreter seu coração. O príncipe Ezran também é um amor de garotinho. Mesmo tão jovem, já é bem maduro para a idade e dará um ótimo rei… caso ele consiga subir ao trono (torço para que consiga).
   Super indico ‘O príncipe dragão’, tem cenas engraçadas, tem jogos políticos, tem amizades inesperadas, pets muito amorzinho e uma aventura incrível que a família inteira vai curtir. E, para os amantes de maratonas, essa é uma série que dá para maratonar tranquilo, já que são episódios curtinhos, de cerca de 30min. 😉

   Já tinham assistido ‘O príncipe dragão’? Me contem aí! 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui