16 de maio de 2020

Amantes do cinema: Mentiras perigosas

   Olá meu povo, como estamos? Hoje temos indicação de filme aqui no Mundinho, e vou falar sobre minhas impressões com relação ao filme Mentiras perigosas, uma das estreias no catálogo Netflix. 

Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix

Ficha técnica: 
Filme: Mentiras perigosas
Nacionalidade: Estados Unidos 
Ano: 2020
Duração: 1h36min
Gênero: Drama, Suspense, Policial
Em Mentiras Perigosas, Katie (Camila Mendes) e Adam são um jovem casal batalhando há anos para conquistar uma vida de sucesso para si. Quando Katie abandona seus sonhos de uma carreira médica para apoiar as ambições de seu marido, os dois enfim parecem se encontrar na hora certa e no lugar certo para sua vida funcionar. Porém, tudo se complica quando eles se encontram no meio de uma investigação criminal.
Mentiras perigosas
   Katie e Adam são casados e jovens, cheios de planos pela frente, porém sua situação financeira não ajuda muito em seus planos. 
  Apesar dos sonhos, Katie tem sempre que manter o pé no chão, embora Adam queira abarcar o mundo com a pernas.  
  Isso faz os dois terem seus atritos, mas depois se entendem e ficam de boas, afinal, são um casal que se ama. 
  Enquanto Adam estava na faculdade, Katie teve que abrir mão de seu sonho na Medicina, pois o financiamento que conseguiram só beneficiava um deles.
Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix
  Assim, enquanto Adam estudava, Katie foi trabalhar numa lanchonete. Tudo ia bem na vida dos dois, até que uma noite a lanchonete é assaltada e tudo vai por água abaixo, isso porque Katie acabou perdendo o emprego e os dois tem muitas contas para pagar. 
  Depois de muito tentar, Katie acaba conseguindo um emprego mais próximo da medicina/enfermagem que podia, como cuidadora de um senhor super simpático… e também super rico. 
  Apesar de toda a grana, Leonard, o idoso de quem Katie toma conta, é em solitário, o que faz surgir um certo laço de amizade entre os dois. 
Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix
  Mas as coisas começam a mudar quando Katie perde seu emprego pela segunda vez. Isso porque a casa onde Leonard mora não é apenas antiga, mas guarda também inúmeros mistérios, do próprio Leonard e de seu passado, mas também das pessoas que trabalhavam para ele antes de Katie chegar. 
  Katie e Adam não sabem, mas estão prestes a terem seus vidas viradas de cabeça para baixo quando colocaram os pés na casa de Leonard.
   Eu não estou muito ligada nas estreias do Netflix, confesso. Normalmente eu acompanho uma série e não me ligo muito nos lançamentos que aparecem logo que abro o catálogo. 
  Mas o poster desse filme me chamou atenção e abri mão de assistir HTGAWM para conferir do que se tratava.    
   E… gente… que filme é esse?! Sério, estou tentando entender ainda tudo o que aconteceu. 
   Katie e Adam são um casal que poderia representar qualquer um de nós, reles mortais. Eles não tem muita grana, mas tem muitos sonhos, o que os faz lutarem por uma vida melhor, mesmo que demore um pouco. 
  Quando Katie perde o primeiro emprego, depois do assalto, as coisas parecem que vão por água abaixo entre os dois, especialmente porque Adam sai da faculdade, da qual eles lutaram tanto para conseguir o bendito do financiamento. 
Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix
  Adam é um cara legal até a página dois. Ele é um rapaz sonhador, mas também bastante apressado. Ele não quer saber muito dos passos que tem que dar para conseguir o que quer, e por causa de sua impulsividade, acaba trocando os pés pelas mãos e se ferra. 
  Quem segura sua onda é Katie, a mais pé no chão dos dois, e que sempre tem que puxar sua orelha, para ele acordar para a realidade. 
  Eu sei o quanto ela gosta do Adam, mas ela tem que ter muita paciência para controlar aquela criatura afobada. 
  Katie é uma moça bem sonhadora também, mas é ressentida por nunca conseguir realizar seu sonho de ser médica. Isso porque ela abriu mão dele quando permitiu que Adam ficasse com o financiamento e fizesse a faculdade… que ele nunca terminou… 
  Ela não comenta, mas nota-se que ela ficou bem chateada com isso (isso qualquer um ficaria mesmo). Ainda mais quando fica desempregada depois do assalto na lanchonete. 
  Eles se tornam conhecidos na delegacia, por serem as únicas testemunhas que sobreviveram ao evento, o que marcou um bocado a vida dos dois. 
  Mesmo assim, a vida segue e, felizmente, Katie arranja um emprego na mansão de Leonard, um velho solitário, que não tem família, mas sabe que precisa de ajuda. 
  Katie consegue a vaga como cuidadora, o que a deixa feliz, pois além de Leonard ser um bom paciente, ele é um ouvido que ela precisava para desabafar seus problemas. 
  Logo, a relação dos dois passa de patrão e empregada para a de amizade, o que é até bem bonitinho. Leonard faz de tudo para ajudar Katie, inclusive dar um emprego também para Adam, como jardineiro, já que o seu supostamente sumiu do mapa há dois anos. 
  Katie fica feliz com a proposta e Adam, claro, não pode escolher muito. Mas as coisas começam a se enrolar, já que onde Adam está, parece que tudo dá ruim. 
  Um crime aconteceu há tempos na casa de Leonard. Crime esse que pode vir à tona quando um cara bem esquisito, se dizendo corretor de imóveis, começa a perturbar muito na casa de Leonard. 
  Ele insiste em dizer que tem um cliente bastante interessado na casa, e faz de tudo para entrar lá. Katie resiste bastante, mas sabe aquele ditado: água mole, pedra dura… então… Alguma hora esse cara vai conseguir… e não será bom para ninguém quando isso acontecer… 
Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix
  Além dele, temos o chefe da agência de empregos de Katie, que também parece estar bastante interessado na casa de uns tempos para cá, especialmente quando Katie meio que é “convidada a se retirar” da casa, devido a um acontecimento, que aparentemente era para ser um fato da vida, mas que depois também parece se tornar cada vez mais suspeito e pode ter relação com o tal crime do passado. 
  O que é mais louco é que tudo parece girar em torno de Adam, que simplesmente diz saber resolver tudo, sem envolver a polícia.  
  A princípio, parece mais a impulsividade dele falando mais alto. Mas de tanto ele insistir em encobrir coisas que ele fala com todas as letras que não está envolvido, mais parece que ele faz parte de tudo. 
  Cabe à investigadora responsável e a Katie descobrirem o que realmente aconteceu naquela casa e o que Adam supostamente tem a ver com tudo isso… ou não… 
  E as grandes perguntas são: O que aconteceu naquela casa de fato? Adam é realmente culpado? Por que tanto o corretor, quanto o chefe de Katie na agência de empregos tem tanto interesse na mansão? 
  Esse é um filme que você fica o tempo todo querendo bancar o detetive, e vou te dizer, você vai ser feitx de trouxa várias e várias vezes. 
  Leonard era um cara solitário, mas justamente por isso, ele guardava vários segredos, segredos esses que Katie só descobre bem depois que é “convidada a se retirar da casa” e vai correr bastante perigo por isso. 
  Adam é um rapaz impulsivo, que você suspeita até o último minuto. O tal corretor e o chefe de Katie são bastante simpáticos até a página dois. Eles estão bem ligados em tudo o que está acontecendo e colocar Katie na casa sempre foi de interesse deles, sabe-se lá o motivo. 
Mentiras perigosas
Foto: Divulgação/Netflix
  A investigadora me pareceu bem mineirinha, comendo quietinha. Ela já sabia de tudo o que tava acontecendo, mas chega igual detetive dos livros de Agatha Christie, com a suposta resolução no final do filme… Mas ela também só consegue por causa de Katie. 
  No fim das contas, o mundo gira em torno da garota, que está mais perdida do que cego em tiroteio. A coitada passou por tanta coisa ao mesmo tempo, que nem tem tempo de pensar direito nas coisas. 
  E o final eu achei interessante, pois embora te faça ficar de queixo caído até certa parte, ele é aberto. Então você pode tirar suas conclusões como achar melhor. 
  É um filme relativamente rápido, achei bem bolado e tem bastante suspense e até um pouco de “tiro, porrada e bomba”. Todos mentem o tempo todo e você tem que saber quem realmente quer ajudar Katie ou não. 
  E no fim, você vê que coisas que aconteceram lá no comecinho tem tudo a ver com o que está te mostrando no final. Porém, cabe ao espectador juntar os fatos e tirar suas próprias conclusões. 
  Achei uma boa pedida para esses tempos de quarentena, pois nos distraímos um pouco, tentando saber quem é o vilão da história. Dou até nota máxima a ele e super recomendo, especialmente se curte um bom filme de suspense.  
   
    
   
       

   E aí, o que acharam do filme? Gostam de histórias nesse estilo de mistério? Me contem aí, bora conversar! 😉

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui