17 de outubro de 2019

As aventuras de Merlin

    Olá meu povo, como estamos? Aqui no Rio de Janeiro tivemos uma pequena mudança no calendário e datas comemorativas (pelo menos eu). Então tive um feriadão, emendando o feriado do dia dos professores com o dia do funcionário público.
    E, para aproveitar, nada melhor que curtir uma maratona de séries na Netflix (rsrsrs). A indicação de hoje é de uma série de fantasia e, ao mesmo tempo, clássica e bem levinha. Essa é a proposta da série ‘As aventuras de Merlin’, que apresentarei a vocês.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação

   No excitante universo de Camelot, conta a história de Merlin (Colin Morgan) e Arthur (Bradley James) antes de eles tornarem-se mitos, quando ainda eram jovens loucos por aventuras. À procura do amor e dos próprios destinos, eles compartilham os erros e os acertos ao longo do caminho.

As aventuras de Merlin

   Todos ao menos ouviram falar sobre os atos de heroísmo do Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda, né? Mas já pararam para pensar em como seria essa história, pelos olhos de Merlin? Aqui temos um Merlin, com poderes mais fortes do que jamais se imaginou. Mas, ao contrário dos filmes, séries e peças de teatro, que sempre retratam o mago mais poderoso de toda a história como um velho cabeludo e barbudo, aqui temos um Merlin jovem, que ainda está tentando entender quem ele é no mundo e qual o seu papel nisso tudo.
   Merlin chega a Camelot, enviado pela sua mãe, para ficar aos cuidados de Gaius, um médico famoso na cidade, mas que tem um passado que faz questão de manter em segredo de todos (é um mago aposentado). Ninguém em Camelot tem permissão de usar magia, sob pena de execução pública. Isso por conta de um fato aconteceu com o rei e que nos é revelado no decorrer dos episódios, por isso ele ficou revoltado e mandou caçar e matar todos os praticantes de magia. Assim, os magos que vivem em Camelot são clandestinos, papel que Gaius cumpre por anos, sem que ninguém desconfie de seus poderes.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação/BBC

   Quem vai compartilhar esse segredo é Merlin, o jovem que mal descobriu que pode fazer coisas estranhas quando está em apuros. Sua mãe o deixa sob a guarda de Gaius, para que ele, como um semelhante, possa cuidar, proteger e ensinar o jovem Merlin a lidar com seus poderes. Mas se pensam que Merlin ficaria escondidinho e com medo do mundo? Estão é muito enganados! Não apenas Merlin, mas todos os personagens clássicos nessa história, como o próprio Arthur, Guinevere, Morgana e Lancelot são bem jovens aqui.
   Todos crescem e amadurecem juntos nessa série, e vemos muita coisa das versões antigas do clássicos explicadas aqui, como o motivo de Morgana ter tanto ódio e querer sempre brigar com Merlin para disputar poder, o fato de Morgana querer sempre o trono e derrotar Arthur… enfim, são aquelas coisinhas que ficaram sem explicação há tanto tempo, mas que aqui parecem se encaixar, já que temos a noção dos fatos que levaram a tudo o que aconteceu quando eles são mais velhos e Arthur já é o rei de Camelot.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação

   Sim, como todos são jovens aqui, Arthur ainda não é rei, mas um príncipe lindo e metido a super herói. Ele acaba adotando Merlin como seu camareiro e juntos eles vivem uma relação meio que de gato e rato. Merlin não pode dizer a Arthur que tem poderes mágicos, mas sempre dá um jeitinho de usar pelas costas de seu patrão, salvando a vida dele. Mas como ninguém pode saber, o nosso verdadeiro herói acaba ficando nas sombras do príncipe. Apesar de Arthur tratar Merlin como um reles empregado na maior parte das vezes, Arthur tem uma relação de amizade que surge com o mago, a qual vai crescendo no decorrer dos episódios. Ambos são super diferentes, ao mesmo tempo que são bem parecidos e, mesmo que Merlin seja um empregado, acaba agindo mais como conselheiro na maior parte das vezes.
   Gaius, o médico real e mago aposentado, finge não ligar, mas também acaba adotando Merlin como seu pai. E logo os dois criam laços bem bonitos de se ver. Gaius vê em Merlin a oportunidade da volta da magia oficialmente a Camelot, mesmo que ele não viva tempo suficiente para ver isso acontecer. Todos os magos da geração de Gaius tem um ódio literalmente mortal pelo rei, Uther Pendragon. Todos sabem o motivo pelo qual foram expulsos e querem de toda forma se vingar do rei, matar Arthur e derrubar o reino. Então a cada episódio somos apresentados a seres místicos de todos os tipos, que Merlin e Arthur acabam tendo que combater.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação

   Os episódios são relativamente rápidos, com cerca de 30 min cada. Então é bem tranquilo de maratonar as 5 temporadas disponíveis. Como são aventuras aleatórias, os episódios são independentes, o que é bom. Mas acontecem várias coisas que são explicadas lá na frente, principalmente pequenos detalhes, como personagens que se desenvolvem por conta de uma coisa que vimos acontecer, ou simplesmente retornam ao reino buscando mais uma vingança. Então é bom acompanhar do começo, para entender os pequenos detalhes, que fazem diferença lá na frente.
   O que achei mais interessante aqui é a Guinevere. Em várias versões da história, temos a futura rainha de Camelot como uma princesa delicada. Mas já é a segunda vez que a vejo como um personagem completamente diferente do que costuma ser retratada. Já a vi como uma guerreira seguidora de Merlin e praticante da religião antiga, como nesse filme aqui:

Rei Arthur
Foto: Divulgação

   O que achei bem interessante, já que tira esse cargo de mocinha indefesa dela. E aqui, temos uma outra versão, de que Guinevere na real seria uma camareira simples e pobre, que trabalha no palácio, como acompanhante de Morgana. Aqui vemos o amor entre uma plebeia e um membro da realeza surgindo. Apesar de parece um conto de fadas com um “final feliz” a vista, Guinevere tem muita opinião e não tem medo de dizer o que pensa na cara do Arthur. Ela pode ser de uma classe social diferente, mas é uma mulher nobre de coração e muito forte, então já gostei dela. 💓

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação

   O que me deixa com raiva é a forma como Arthur lida com a situação, ora enfrentando o pai, ora dando razão a ele  se colocando como soberano. Mas também, tento relevar, por supor que todos eles viveram numa realidade da Idade Média, então os costumes que eles apresentam eram “perfeitamente normais”.
   Outra personagem que muito me impressionou foi a Morgana. Ela começou que nem mineiro, “comendo quieta”, até que começou a se desenvolver e está me surpreendendo. Ainda estou na terceira temporada, mas estou bem curiosa para saber mais o que ela vai aprontar.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação/SYFY




   Apesar de ser uma série de aventura, o foco principal é a fantasia, já que é vista pelo foco do Merlin. Como um bom mago, ele aprende magia e luta contra outros seres místicos. Então preparem-se, vocês verão dragões, trolls, fadas, bruxas, duendes, e tudo que sua imaginação mais lhe permitir! 😉  Minha única reclamação com relação a essa série é quanto aos efeitos especiais. Sério, se a série tinha o objetivo de ser de fantasia, ter seres místicos e afins, custava nada investir um pouco mais em computação gráfica. Em algumas cenas em que “o herói enfrenta o monstro e salva o dia”, é nítido observar que o personagem luta com nada. Ficou esquisito e perde um pouco da graça. Mas, para compensar, eles investiram em cenas mais cômicas, principalmente de Merlin e Arthur em suas confusões. Isso que salvou a série um pouco.

As aventuras de Merlin
Foto: Divulgação

   Se você busca uma série leve e divertida, mas com um toque de aventura, indico essa série de olhos fechados! Minha mãe ficou viciada e sinto que não verei mais nenhuma até terminar todas as temporadas dessa, já que ela ficou viciada e não me deixa mudar de série… 😂😂
   Já viram As aventuras de Merlin? O que acharam? Gostam de série com essa combinação, levinha e com toque de aventura? Me contem aí! 😉

 
 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui