22 de julho de 2017

Blogagem Coletiva: Dia do Amigo

   Olá meu povo, como estamos? Hoje eu vou fazer um post especial, pelo dia do amigo. Acho que algumas pessoas sabem (eu descobri de uns anos pra cá), que o dia do amigo é dia 20/07, que foi essa semana. Então, cá estou eu para fazer algo diferente… Entrevistei meus dois BFF’s (sim, eu sou tão metida que tenho dois BFF’s, me julguem!). Vem ver o que eles responderam! 😉





melhores amigos, amizade, Mundinho da Hanna, blog, blogagem coletiva

Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna










  Bom, tenho dois BFF’s, a Carol (minha amiga mais antiga) e o Erik (que conheço há menos tempo, mas se tornou meu companheiro de aventuras pelas trilhas e museus afora). 
   E ninguém melhor que eles para falarem um pouco sobre mim e nossa amizade. Então, lá vamos nós!

Carol Melo

BFF, Blogagem coletiva, Mundinho da Hanna, amizades

Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna





1. Como nos conhecemos, você se lembra?

R. Nos conhecemos em um pré vestibular
comunitário, logo nos primeiros dias de aula, em 2006. Lembro bem quando entrou
na sala com aquela saia longa azul. (ahahahha…)

2. Qual sua primeira impressão ao meu
respeito? Mudou?

R. Achei uma pessoa bem séria, não pensei que
fosse se tornar uma grande amiga minha naquela época. Mas com o passar dos
meses naquele ano de pé vestibular, percebi o quanto dividimos momentos legais
e histórias engraçadas. Tínhamos muito em comum, eu até pensava em fazer
biologia também, seriamos duas biólogas, rs.. mas, como algumas coisas mudam,
os planos acabaram sendo outros e nos afastamos por um tempo. O que mudou?
Agora vejo uma pessoa muito mais madura e decidida. Independente, que sabe o
que quer e corre atrás para conseguir. A Hanna continua sendo uma pessoa bem
séria, tem coisas que não mudam, rs, mas para quem não conhece, o que já não é
mais meu caso. Só para constar, ainda lembro bem daquela saia longa azul, eu
realmente gostei dela. (rsrsrs)

3. Defina a Hanna em três palavras…

R. Companheira. Sincera. Justa.


4. Qual o dia mais louco que passamos juntos?
Conta aí!

R. Lembro logo de todas as trilhas
que já fizemos, principalmente daquela primeira aventura de escalar nas
correntes na trilha do Corcovado. Foi engraçado… Mas, nada comparado com a
nossa primeira ida juntas para a Bienal do Livro! Tem como esquecer? Duas
meninas que não sabiam o caminho pra chegar no Rio Centro! Inacreditável, não é?!
Foi bem engraçado e cansativo chegar lá, rimos bastante e quase nos perdemos,
mas valeu super a pena. E depois daquela vez, voltamos sempre na bienal sem
problemas de encontrar o caminho, claro, pela Hanna, porque eu mesma nunca me
ligo nos caminhos certos e nos ônibus que tenho que pegar! (rsrs)


Erik Lourenço



Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna


1. Como nos conhecemos, você se lembra?

R. Sim, Nos conhecemos na esteira da academia Plena Forma Wona,
você estava tomando uma “surra” da esteira, pois não conseguia ligar. Nisto eu
muito simpático e um novato  na academia
querendo fazer amizades te ajudei a ligar a esteira e começamos a conversar.

2. Qual sua primeira impressão ao meu respeito? Mudou?

R. Uma pessoa tranquila. Não mudou nada.

3. Defina Hanna em três palavras…

R. – Determinada- Inteligente.-  Aventureira

4. Qual foi o dia mais loucos 
que passamos juntos? Conta aí!

 R. O dia mais louco, foi
no dia que você ganhou um ensaio fotográfico no Parque das Ruínas. Foi uma
campanha da igreja, fazia uma doação de agasalhos e ganhava um ensaio
fotográfico.
 Era na época do Jogos Olímpicos Rio2016. Você  tentava  falar com a fotógrafa desde cedo, mas ela não
atendia. Daí lembrou que tinha o contato da irmã da fotógrafa. Quando conseguiu
falar com a irmã ela avisou que a fotógrafa tinha ido fazer uma trilha no dia
anterior e pernoitou por lá. Mas a irmã da fotógrafa afirmou “se ela combinou
com você no Parque das Ruínas, às 14:00 horas ela vai está lá.”
 Mas como confiar? Uma
pessoa que faz uma trilha, pernoita nela e no outro dia trabalhar. Fica difícil
acreditar que a fotógrafa iria honrar com o compromisso, pois pensamos que ela
estaria muito cansada.
  Mas demos um voto de
confiança e fomos para o Centro do RJ. Chegando lá, fomos em
direção a estação do bonde  que leva para
Santa Teresa, ele fica próximo a estação do metrô Carioca.
 Chegando na estação do
bonde Carioca, sem ninguém fazer nenhuma pergunta, um pipoqueiro passa a
informação que: o bonde não funciona finais de semana. Nisto decidimos ir a pé.
Quando  passávamos  pelos arcos da Lapa, lá vai o bonde passando
sentido Santa Tereza (“sentimos ódio do pipoqueiro”.)  Como não sabíamos por onde ir pedimos
informações, achamos o caminho um tantinho perigoso e por questão de segurança
decidimos volta, e para não perder a viagem fomos parar
no cinema  do Shopping Nova América e
assistimos: ‘Esquadrão Suicida’. 
E, sim! Hanna ficou
sem o ensaio fotográfico. 😂😂


    Esses são meus BFF’s, amigos com os quais posso sempre contar, seja para aventuras, meus ombros amigos, meus companheiros de aventuras, de trilhas, de museus, de fazer nada… Feliz dia do amigo a todos! 



















Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui