29 de outubro de 2015

Desafio Skoob de Outubro: Cântico de Sangue

Olá pessoal! Vai chegando o final do mês e, com ele, a resenha do Desafio Literário Skoob 2015. O tem do mês foi Terror e o livro escolhido foi Cântico de Sangue, da minha amada Anne Rice.



 
 
 
Livro: Cântico de Sangue
Autora: Anne Rice
 
Editora: Rocco
 
Ano: 2009
 
 
 Então, esse é o último livro da saga do meu lindo e charmoso vampiro Lestat de Lioncourt, que conta sua aventura ao transformar mais uma ente da família Mayfair, Mona, em vampira e conta também como foi sua aventura em meio a busca pela sua filha, Morrigan, que na verdade não é humana e, sim, uma descendente dos Taltos. 
   
Para quem não acompanhou as histórias de Anne Rice, ela tem duas vertentes: a que fala de um povo não humano, os Taltos, que tem contato com a família Mayfair, uma família com poderes sobrenaturais e uma riqueza sem limites. Essa é representada pela Hora das Bruxas. A outra começa com o livro de mesmo nome do filme que já falei, Entrevista com o vampiro, e conta as aventuras do Príncipe Moleque ou também conhecido James Bond dos vampiros, Lestat de Lioncourt. 
   
Desde o livro de ‘Merrick’, Lestat se mete com os entes da família Mayfair, quando transforma a bruxa Merrick em vampira. Suas aventuras com a família continuam em ‘A Fazenda Blackwood’ e, agora, em seu último livro da saga, ‘Cântico de Sangue’. 
   
Em ‘Cântico de Sangue’, Lestat se vê assombrado pelos fantasmas de gerações antigas dos Mayfair e com uma vampira muito rebelde, Mona Mayfair, que foi transformada quando à beira da morte e ainda não tem noção do poder que tem ao enfrentar seu criador das trevas. 
   
A aventura da vez foi conseguir encontrar Morrigan, a filha perdida de Mona, que teve um parto mega esquisito e o que devia ser um bebê, já saiu andando e fugiu do hospital como mulher feita. Em meio a esse mistério que ronda a família Mayfair e os “Bebês que andam”, Lestat resolve ajudar a procurar por Morrigan e entender um pouco mais sobre os Taltos, responsáveis por esses bebês estranhos.
   
Bom,  para falar a verdade, já li todos os livros das Crônicas Vampirescas e posso afirmar que para a última aventura de Lestat, o Príncipe Moleque, esperava um pouco mais… Nos outros livros, ele se mostrou como um ser charmoso e belo, que conquistava a todos com facilidade, mas que sabia ser cruel quando queria. Nesse livro, ele ficou muito apagado e enjoado. Quinn, que se mostrou interessante em ‘A Fazenda Blackwood’, também se mostrou muito apagado e sem graça, só correndo atrás de Mona como se ela fosse um troféu… 
   
Se alguém quiser saber mais sobre Lestat de Lioncourt e suas melhores aventuras, sugiro que leiam o segundo volume da série, onde ele conta sua biografia, “Rainha dos Condenados’ (continuação da biografia), ‘A história do ladrão de corpos’ e ‘Memnoch’. 
Bom, essa foi a postagem de hoje. Espero que tenham curtido e até mais! 
 
 
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

TAG | Mães Literárias

TAG | Mães Literárias

Olá meu povo, como estamos? No último domingo (12/05/2024) […]

Como se Livras de Um Escândalo | Tessa Dare

Como se Livrar de Um Escândalo | Tessa Dare

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu trago a […]

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui