4 de fevereiro de 2017

I Dare You de Janeiro: A Tale of Two Cities

Olá
meu povo, como estamos? Hoje é dia de I Dare You (se não sabe o que é, clique
AQUI) e o tema de janeiro é “Autor Inglês”. O livro escolhido para o tema foi
‘O conto de duas cidades’, de Charles Dickens. Vem ver!






Livro:
O conto de duas cidades

Autor:
Charles Dickens

Editora:
Longman Classics

Ano:
1995 (Original de 1859)

   1775.
A França passa por um período de tenso entre os aristocratas e os cidadãos mais
pobres. Pessoas são enviadas injustamente para a Bastilha, pessoas
desaparecem… Algumas pessoas partem para Londres e vivem escondidas… Assim
está o clima nessa época… que culmina na Revolução Francesa em 1789.
   Eu
li uma versão que eu tinha há um boooooooom tempo, mas que eu nunca tinha me
interessado em ler mesmo… Eu recebi esse livro e fui “intimada” a ler como
trabalho final dos níveis mais avançados no curso de Inglês que eu fazia na
adolescência. Então sim, tenho alguns clássicos em Inglês aqui em casa, como ‘A
tale of two cities
’, o nome original do livro que li para o desafio. Eu lembro
que não me interessei muito na época por esse livro, porque eu sempre achava (e
ainda acho
) que ler tem que ser por prazer, e não porque o professor te manda
pra fazer um trabalho no final da disciplina, e você tem que fazer, se não toma
bomba…
   Foi
assim com muitos livros aqui em casa, muitos clássicos, que deixei jogados num
canto e, só muito tempo depois eu resolvi ler por vontade própria… E acabei
vendo com outros olhos e gostando deles (rsrsrs)…
Esse
foi o primeiro livro de Dickens que eu li na vida e, depois dessa, vou procurar
mais livros dele. Por mais que ele tenha colocado certa fantasia nas histórias
que escreveu, a maioria dos fatos realmente aconteceu, como no caso de ‘O conto
de duas cidades’, que ocorre durante a Revolução Francesa. Fatos que precederam
o evento, como cenas de mortes violentas, julgamentos públicos e guilhotina.



Bom,
o que eu achei do livro? Eu gostei, porque dessa vez eu não li por obrigação,
mas porque me lembrei que tinha ele aqui em casa e nunca tinha dado uma “segunda
chance” a ele (rsrs)… Como é uma versão para ensino de língua estrangeira, eu
li em Inglês de nível intermediário, então não tive problemas, mesmo sendo uma
linguagem mais rebuscada pela época que foi escrito… E é uma versão mais
compacta, então li até bem rápido… E fiquei surpresa no final, porque quem eu
pensei que ia terminar de um jeito, terminou de outro…
   E
Dickens vale muito a pena ser lido, pois como eu disse anteriormente, ele conta
em meio aos seus personagens fictícios fatos reais e acabamos aprendendo um
pouco de História por tabela… 😊
   E o
que mais gostei, por isso mesmo que me surpreendeu o final do livro, foi que
Dickens não se conformava com o que tava acontecendo naquela época, isso dá pra
notar nas palavras dele, ele meio que incita o povo a lutar pelos seus
direitos, mas sem a violência que foi a Revolução.  Para ele tudo seria melhor resolvido se ambas
as partes estivessem de fato dispostas a cooperar uma com a outra… O que bem
sabemos que é beeeeeeeeeem difícil de acontecer, já que é algumas pessoas
preferem ir pra guerra do que admitir que pisaram na bola… Imagina numa época
atribulada como no século XVIII?
   Outra
coisa que gostei, foi que não apenas eu li um livro de um autor clássico, mas
também li em outro idioma. Entendo Inglês porque meu pai fez questão de me
matricular num curso de idioma estrangeiro quando eu era mais nova e porque
Inglês é a “língua da Ciência”, então acabei me habituando mais a ler o Inglês
científico e, quando chegava em casa, corria dos livros em outros idiomas. Daí
só lia em Português mesmo (rsrs)… Ler em outra língua um livro sem ser os
científicos foi um desafio pra mim, pois tinha palavras que eu não me lembrava
mais e acabou servindo também como um “exercício de revisão”… 😊

   



   Essa
foi a postagem de hoje. E vocês, leram Dickens alguma vez? Já conheciam ‘O
conto de duas cidades’? Ou algum outro livro dele? Me digam aí nos comentários!
Bora conversar! 😊

   Bjks
e até mais! 


Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui