13 de maio de 2021

Li até a página 100 e… #26: Mulher-Gato – Ladra de almas

 Olá meu povo, como estamos? Esse mês, devido a alguns problemas técnicos, o projeto #12livrospara2021 de maio vai sofrer alguns atrasos. Uma das participantes está se recuperando de COVID e eu ainda não consegui sair de uma ressaca literária direito, então minhas leituras andaram bem devagar nos últimos dias (embora não pareça).
Li até a página 100 | Mulher-Gato: Ladra de almas
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Por conta disso, estou aqui hoje para falar sobre as primeiras impressões da leitura escolhida por vocês para o mês de maio, cujo tema era Anti-heróis em ação. O livro escolhido para representar o tema foi o terceiro volume da série Lendas da DC: Mulher-Gato – Ladra de almas, de Sarah J. Maas.

Primeira frase da página 100:

 
R. “Selina arriscara passar míseros cinco minutos com o quadro durante o baile de gala.”
 

Do que se trata o livro?

 
R. Seguindo a linha de Lendas da DC, esse livro conta uma aventura pelo ângulo de Selina Kyle, a eterna Mulher-Gato, que junto a Arlequina e Hera Venenosa, vão tocar o terror em Gotham City. 
 

O que está achando até agora:

 
R. Eu nunca tinha lido nada da autora, apesar de ela ser bem famosa por Trono de vidro. Ela conseguiu dar uma personalidade perfeita para Selina Kyle, bem próxima dos quadrinhos e estou com as expectativas lá no alto. 💓
 
 
Li até a página 100 | Mulher-Gato: Ladra de almas

 

 

O que está achando do protagonista:

 
R. Selina Kyle dispensa comentários. A mulher é linda, inteligente, sabe muito bem o que quer e não tem medo de usar tudo o que é preciso. Ela tem um senso de justiça, que não a deixa passar muito dos limites, mas ela sabe muito bem que não pode se considerar uma heroína. Acho que por isso ela se dá tão bem com o Bruce… (rsrsrs)
 

Melhor quote até agora:

 
“As pessoas veem o que desejam ver. […] Dê a elas essa ilusão. Seja a ilusão. E jamais deixe que eles descubram, mesmo que esteja bem longe. Mesmo depois de triunfar.”
 

Vai continuar lendo? 

 
R. Sim! A escrita da autora é tão fluida, que caiu como uma luva agora nesse momento em que estou. Além disso, preciso de respostas! 
 

Última frase da página 100:

 
R. “Então estava confirmado, Selina teria que agir naquela noite.”
 
E essa foi a postagem de hoje. Logo a resenha completa desse livro deve sair aqui no blog. Fiquem de olho! 
Vocês já tinham lido esse livro? Gostam da escrita da autora? Me conte aí! 

 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Booktag | 5,4,3,2,1

BOOKTAG | 5,4,3,2,1

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu quero começar […]

Ghostwriter | Alessandra Torre

Li até a página 100 e… #51: Ghostwriter

Olá meu povo, como estamos? Uma de minhas leituras […]

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui