11 de abril de 2020

Li até a página 100 e… #9

Olá meu povo, como estamos? Estou tentando ler mais nessa quarentena e o resultado é que temos mais uma postagem com minhas primeiras impressões, no quadro ‘Li até a página 100 e…‘. Hoje temos a participação de um livro “brazuca”, da autora independente e parceira do Mundinho, Gabriele Ruas. E o livro é Angellore – A divina conspiração: Prenúncio.

 

Angellore - A divina conspiração
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Primeira frase da página 100:

 

“Eu estava louca para dormir novamente, mas, enquanto não desse um jeito naquele problema, dificilmente conseguiria.”

 
 

Do que se trata o livro?

 
R. É um romance sobrenatural, mas com toques de investigação policial. Ele o terceiro volume de uma série, que que começou em Sussurro Noturno. Conta mais detalhes dos bastidores de uma conspiração entre anjos caídos, que estão há milênios tramando contra a Humanidade e contra os outros anjos celestes. Porém cabe aos Angellores (anjos caídos também, mas que estão no time dos mocinhos) combaterem o que chama de a Divina Conspiração.  Paralelo a isso, a polícia está investigando alguns crimes na capital de Minas Gerais, que tem tudo a ver com os anjos caídos e Angellores. Muita coisa está acontecendo, o que leva a muito “tiro, porrada e bomba”, romance e mistérios que vão ficando cada vez mais envolventes.
 

O que está achando até agora? 

R. Estou gostando bastante! A Gabi tem uma escrita super envolvente e, em menos de dois dias já até passei da página 100.  Sabe aquela escrita tão fluida que você nem sente as páginas passarem? Então, acontece em todos os livros da série, e aqui não seria diferente. 
 
Angellore - A divina conspiração
 
 
 

O que está achando do protagonista:

 
R. Temos mais um protagonista nessa série. E cada um deles me surpreende em algum momento. Como estou lendo a série desde o começo, estou acompanhando o amadurecimento deles, as lutas e desejos… Estou torcendo por todos e roendo as unhas aqui (figurativamente, claro, rsrs) para saber o que vai acontecer com eles.  
 

Melhor quote até agora:

 

“Eu sabia que possuía grande parcela de culpa pelo seu estado, por isso desejei me aproximar, envolvê-lo em um abraço e cuidar dos seus ferimentos.”

 

Vai continuar lendo? 

 
R. Claro! E ainda vou esperar ansiosamente pelo quarto volume! (rsrsrs)



Última frase da página 100:


“Ergui o braço, impedindo-a de me apanhar, contudo mais dois invasores se precipitaram sobre mim.”



O que acham de livros nacionais com essa temática mais sobrenatural? Me contem aí, bora conversar. 

 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Booktag | 5,4,3,2,1

BOOKTAG | 5,4,3,2,1

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu quero começar […]

Ghostwriter | Alessandra Torre

Li até a página 100 e… #51: Ghostwriter

Olá meu povo, como estamos? Uma de minhas leituras […]

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui