9 de maio de 2020

Livros para animar sua quarentena

   Olá meu povo, como estamos? Hoje temos uma postagem mais descontraída aqui no Mundinho. A quarentena está rolando desde março e muita gente fica na dúvida sobre o que fazer para o tempo passar, para não pirar durante o período de isolamento que passamos. Pensando nisso, separei alguns livros bem levinhos, de leitura bem fluida e divertida, para também animar o seu isolamento. 

Bienal do Livro 2019
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

1. As joias de Manhattan 

(Carmen Reid)
As joias de Manhattan
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna
Como todos os planos malucos, este foi planejado em um guardanapo de papel:

1. Roubar joias fabulosas
2. Vender as joias por milhões
3. Viver feliz para sempre

Era um plano brilhante e parecia tão simples… depois de ter tomado vários coquetéis. Não era tão simples assim… se nunca roubou nada antes e se namora um policial.
As três irmãs Jewel, Amber, Sapphire e Em, foram para Nova Iorque em busca da vida perfeita. Mas precisam roubar seu sonho? Ou vão conseguir resistir à tentação? Um conto romântico, maravilhoso e cintilante para quem já sonhou em ter uma vida mais brilhante.
    Esse foi um dos primeiros livros que li do gênero chicklit (e também uma das primeiras resenhas que publiquei por aqui, rsrs) e simplesmente me apaixonei. As três irmãs que são as protagonistas dessa história se metem em muitas confusões e, de uma forma super divertida e louca, acabam conseguindo seu “final feliz”. 
Skoob | Amazon | Resenha

2. Minha vida não tão perfeita 

(Sophie Kinsella)
Minha vida não tão perfeita
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna
Uma divertida crítica aos julgamentos errados que uma boa foto no Instagram pode gerar. Cat Brenner tem uma vida perfeita mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok… Não é bem assim… Seu flat tem um quarto minúsculo sem espaço nem para guarda-roupa, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida não tão perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da pessoa que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter – a executiva que tem tudo a seus pés – possui mesmo uma vida tão perfeita, ou quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Por que, pensando bem, o que há de errado em não ter uma vida (não tão) perfeita assim?
     Acho que esse foi meu último contato com os livros da autora, que são hilários por sinal. Não sei se posso dizer que tem um que seja meu favorito, mas todos os livros da Kinsella me conquistam de uma forma diferente. Ainda mais pela forma como ela aborda alguns temas pertinentes e atuais, de uma maneira tão divertida, que só depois de muitas gargalhadas pensa a respeito e vê que faz certo sentido. 
Skoob | Amazon | Resenha 
7 livros para ler na quarentena

3. Fiquei com seu número 

(Sophie Kinsella)
Fiquei com seu número
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz… Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

    Esse é mais um exemplo de leitura divertida, mas acho que não tem tanto assim um tema mais atual. É a famosa receitinha de bolo dos filmes de comédia romântica, mas que acabam dando certo no final… 
Skoob | Amazon | Resenha 

4. Heroínas 

(Laura Conrado, Pam Gonçalves, Ray Tavares)
Heroínas
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna
Não faltam heróis. Dos clássicos às histórias contemporâneas os meninos e homens estão por todo lugar. Empunhando espadas, usando varinhas mágicas, atirando flechas ou duelando com sabres de luz. Mas os tempos mudam e já está mais do que na hora de as histórias mudarem também. Com discussões feministas cada vez mais empoderadas e potentes, meninas e mulheres exigem e precisam de algo que sempre foi entregue aos meninos de bandeja: se enxergar naquilo que consomem.
Este é o livro de um tempo novo, um tempo que exige que as mulheres ocupem todos os espaços, incluindo a literatura.
Laura Conrado imaginou as Três mosqueteiras como veterinárias de uma ONG, que de repente contam com a ajuda de uma estudante que não hesita em levantar seu escudo para defender os animais.
A Távola Redonda de Pam Gonçalves é liderada por Marina, que diante do sumiço do dinheiro que os alunos de sua escola pública arrecadaram para a formatura, desembainha a espada e reúne um grupo de meninas para garantirem a festa que planejaram.
E Roberta é a Robin Hood de Ray Tavares. Indignada com a situação da comunidade em que vive, a garota usa sua habilidade como hacker para corrigir algumas injustiças.
Este é um livro no qual as meninas salvam o dia. No qual elas são o que são todos os dias na vida real: heroínas. Finalmente.

    Agora, temos uma seleção de livros nacionais, mas que são muito amorzinho mesmo! =) Heroínas tem uma sacada muito legal, pois são três contos, com versões “brazucas” e femininas de três personagens clássicos da literatura mundial: Os três mosqueteiros, Rei Arthur e Robin Hood. Imagine se esses personagens fossem mulheres e em pleno século XXI… O que eles fariam? As autoras pensaram e ficou um resultado muito amorzinho, de leitura bem fluida e que dá aquele quentinho no coração no final. 
Skoob | Amazon | Resenha 
 

5. As aparências enganam

(Janaína Rico, Liana Cupini)
As aparências enganam
Hanna Carolina/Mundinho da Hanna
Luiza era uma loira sensual, bem resolvida e determinada, enquanto Isabel era uma morena pacata, que sonhava em ser dona de casa e ter filhos.
Luiza se dedicava ao seu trabalho e era muito ambiciosa, já Isabel só pensava em agradar seu noivo e planejava uma família.
O destino as uniu e agora elas vão perceber que a felicidade pode morar ao lado. Será que a grama do vizinho é realmente mais verde? Será que uma mudança radical poderá consertar todos os erros do passado?
Se a vida te oferecesse a chance de mudar, você aceitaria? Essas duas amigas toparam, e em uma nova cidade, terão a chance de recomeçar! Um livro sensível, sobre as dores e as alegrias de ser mulher.
    Conheci esse livro no primeiro evento de lançamento de livro que fui na vida. Acho que foi a primeira vez que tive um livro autografado bem na minha frente e, a emoção é indescritível! =) O livro também não fica atrás. Duas mulheres com problemas amorosos, e sempre achando que a grama do lado do vizinho é mais verde… Até que elas trocam de lugar e passam por várias confusões. Essa leitura te rende várias risadas e diversão numa tarde. 
Skoob | Amazon | Resenha 

6. Palácio de areia 

(Raffa Fustagno)
Palácio de areia
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Pureza (Annelisa)e Frieza (Elzalina) são filhas do governador mais corrupto que Arenlândia já conheceu: Olafo Filho. As irmãs têm sentimentos diferentes em relação às roubalheiras do pai. Em meio a esquemas de propina, compras de joias sem limite, uso de helicópteros indevidamente e muitas outras ostentações, nossa história nos leva até o Palácio de Frozuara onde nem tudo que acontece por lá, ficará de fato por lá. Graças à uma filha que não concorda com o que a família apronta com o povo e um segurança charmoso de esquerda chamado Cristolfo, essa história não terá final feliz para todos

    Minha mais recente leitura também não poderia deixar de estar aqui nessa lista. É um conto de escrita beeem fluida, com bastante reviravolta e uma espécie de “final feliz”, afinal é uma versão moderninha de contos de fadas. =)
Skoob | Amazon | Resenha 
 

7. O treinador do meu sobrinho

(Vanessa Gramkow)

O treinador do meu sobrinho
Foto: Divulgação/Amazon
Duda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle… até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.


    Esse livro é de uma autora parceira aqui do blog. O livro tem um chicklit bem rapidinho, leve e açucarado, bem daqueles que vai marcar seu coração. 

Skoob | Amazon | Resenha
   E essa foi a postagem de hoje. O que acharam? Já conhecem ou leram algum desses livros? Me contem aí! 😉
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui