5 de abril de 2017

Memórias do meu primeiro blog

    Olá meu povo, como estamos? E o Mundinho da Hanna está um tanto nostálgico… Hoje vou contar algumas memórias do meu primeiro blog… Pois é… quem me conhece há bastante tempo, sabe que o Mundinho da Hanna tem dois aniversários… (kkkk
   Vem que eu te explico! 😏





   Como foi dito AQUI, o Mundinho da Hanna completou dois anos em janeiro desse ano. Mas o que muita gente não sabe é que o Mundinho da Hanna já existiu há mais tempo que isso… Então dona Hanna Carolina, quer dizer que você plagiou o nome do seu blog?! Que coisa feia! (tsc tsc)




   

   Pois é… mas o Mundinho da Hanna já existiu e era meu mesmo… Ele foi meu primeiro blog, que foi ao ar quando eu tinha lá pros meus 15 anos (mais precisamente em 2003). Era um .blogspot mesmo, todo rosinha e com esse nome (que cá entre nós, sempre foi minha cara! rsrs). Mas eu sempre tive uma grande dúvida, que era simplesmente: 

“Do que eu vou falar nesta budega?!”


   Comecei fazendo um tipo de diário virtual (meus amigos mais antigos sabem que eu tenho meus diários escritos desde meus 12 anos e guardo até hoje), onde eu contaria sobre minha vida, minhas aventuras e afins… 
    Mas eu achava que ter um blog era a coisa mais fácil do mundo! Bastava eu ter um blog e ele se tornaria famoso num estalar de dedos, porque a internet é tão fácil de mexer, que obviamente todo mundo ia saber que existia um site chamado Mundinho da Hanna (sabe de nada inocente! kkkk)… 


   Não tinha computador em casa na época e praticamente tinha sociedade na lan house mais próxima da minha casa, porque todo domingo eu estava lá passando o dia inteiro cuidado do meu “bebê”… Colocava tanto gif na barra lateral dele que me admira ele ainda conseguir carregar (rsrsrs)… Mas ele tava lá e eu com o maior orgulho de dizer que tinha um blog… Mas aos 15 eu também estava no ensino médio, tentando enfrentar minha mãe pra fazer o curso que eu queria na faculdade, estudando para as provas e tentando preparar meu espírito para sobreviver ao vestibular dois anos depois… 
   Daí larguei de mão… mas ele ficou no ar ainda quietinho e esquecido em algum lugar tão tão distante do meu email… Em 2008 eu tava remexendo em emails antigos e encontrei uma ou outra notificação que ficou esquecida na caixa de entrada… E eu me lembrei que tinha um blog (kkkkk)!
    Em 2009, já na universidade, lá estava eu entediada nas minhas primeiras férias, as quais foram as mais longas da minha vida (nunca tinha enfrentado férias de três meses em casa)… Em meio a suspiros e frases do tipo:”como estou entediada”, descobri que tinha um grupo no Facebook onde podia baixar livros de todos os tipos em pdf (já tinha meu pc em casa, rsrs)… E foi quando descobri também os emails esquecidos! Pense na minha alegria ao unir minha paixão pelos livros e achar algo que estava esquecido no “fundo da gaveta” há anos?! 




     Daí pensei:”por que não falar de livros?!” Estava baixando um montão deles mesmo, custava nada pegar meu blog que já existia e falar de livros… pelo menos ele teria um tema (rsrsrs)… E até arrisquei a criar umas histórias, com personagens inspirados nos meus amigos da universidade… que reclamavam e me zoavam, mas acompanharam até o final pra saber que fim dei a cada um… 😀
     Mas… pela segunda vez… eu achava que o sucesso seria instantâneo… Bastava ter anunciado para meus amigos que o blog estava no ar, que ficaria com milhões e milhões de seguidores… Logo nessa época me dei conta de que, por mais amigos que eles sejam, nem sempre vão dar o apoio moral que você precisa em certas coisas… 
     Isso me desanimou tanto… que larguei de mão pela segunda vez o coitado… Dessa vez até deletei… 
     Em 2015, estava entediada em casa (já repararam que minhas coisas sempre começam pra fugir do tédio?! rsrsrs), por não ter o que fazer com o tempo livre… Quando uma amiga me disse “por que você não cria um blog? Você já teve uma vez… o que houve com ele?” Foi quando pensei: “por que não?” Já era adulta, já sabia o que fazer e como fazer… O próximo passo era apenas ter um tema para o blog… e, principalmente, deixar de lado esse lance de sucesso instantâneo… pois aquilo não me levaria a lugar algum… E se o blog não fosse algo que me deixasse famosa, mas algo que me fizesse feliz em primeiro lugar? E se ele falasse do que eu realmente gosto? Ele pode muito bem ser um diário virtual, mas sem aquela cara de diário propriamente dito… falar do que eu gosto, como eu gosto e com muito mais liberdade… E eis que o Mundinho da Hanna renasce das cinzas, com uma cara nova, uma roupagem nova, com mais maturidade e responsabilidade. 
   Um blog que não vai ser deletado porque não alcançou a popularidade que eu esperava quando adolescente. Que não vai ser largado porque tenho obrigações e uma vida profissional… Um blog que é minha vida, que é o que eu gosto de fazer… Um blog que é meu retrato… Um blog… da Hanna… 

  
   E assim é minha história… a história do meu primeiro e único blog… a história do Mundinho da Hanna… 😏
    E vocês, o que acharam? Tem alguma história para contar de algum blog que tiveram e largaram de mão? Como começaram o de vocês (caso tenham um)? Contem para mim! 
    Até mais! 😌


Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui