11 de fevereiro de 2017

Projeto #MDA: Desafio #4

   Olá meu povo, como estamos? Hoje é o dia do desafio #4 do Projeto Manual da Autoestima, carinhosamente conhecido como Projeto #MDA. 
   O tema proposto para a semana foi “realizar novas atividades”… Quer ver o que fiz de novo? Então continua nesse post! 😊

   Então, ultimamente estou revendo alguns conceitos e, consequentemente, mudando de hábitos… Isso tem influenciado minha vida em vários sentidos… 
   Decidi já tem um tempinho que a vida é muito curta pra ter medo de fazer certas coisas ou deixar pra depois, afinal, como diz a música, “não deixe nada pra semana que vem, porque semana que vem pode nem chegar”.
   Fora que essas coisas que eu dizia “não vou fazer”, eram coisas que eu queria muito fazer, mas não tinha coragem, ou alguém que me incentivasse a enfrentar meus medos… 
   Então Hanna, o que de tão especial assim você tá falando que até agora não sei o que é?! 
   Vamos lá então! (kkkkkk

1. Trilha que envolva escaladas

    Pois é, eu não tenho problema algum com trilha (a prova tá AQUI). 😁 Mas meu grande desafio foram as que tem escalada no meio. As trilha daqui do Rio nem são tão pesadas assim na parte da escalada (pelo menos as que fiz até agora), mas meus amigos dos Trilheiros Urbanos me zoam eternamente pelas minhas cenas de medo quando damos de cara com alguma parte assim no meio do caminho. Mas estou surpreendendo a eles e a mim mesma enfrentando meus medos e encarando as cordas e as rochas no caminho… 




   Acreditem, mas até o ano passado nem isso eu subia!

2. Exame de faixa

   Eu já sou faixa preta há uns 4 anos e, para quem não sabe, não paro por aí, pois em teoria sou o primeiro DAN (nível) de 10 em faixa preta. Eu já podia ter feito o exame para o segundo DAN há um tempinho, mas sempre falava que não ia fazer, pois a pressão psicológica que passei foi tão grande que não desejava passar por isso novamente. E o que ficou mais marcado na minha lembrança foi o fato de eu ser a ÚNICA mulher na turma do exame quando fiz. Então era a ansiedade e um pouco de vergonha também. Mas depois foi que pensei: “fui a única mulher aqui e fui aprovada por algum motivo. Não é apenas por ser mulher, é porque sou boa e tenho capacidade!” Pensando nisso, criei coragem e pedi para fazer o exame novamente no final do ano. Então, em dezembro de 2017, se Deus quiser, serei faixa preta segundo DAN.  


Essa sou eu no dia que passei para a faixa preta! =)

3. Novos rumos

   Ainda sobre a trilha, sempre tive vontade de fazer trilhas fora do Rio. Literalmente quero desbravar o Brasil fazendo minhas aventuras na natureza (rsrsrs). Mas nunca falei isso pra ninguém, porque pensava ser loucura sair de onde moro pra fazer trilha em outro Estado. Mas esse ano criei coragem e falei com os Trilheiros. Pra minha surpresa eles aceitaram e se amarraram na ideia! 😃 Ainda não sabemos quando, mas quem sabe vocês vejam aqui no Mundinho relatos das aventuras da gente pelo Brasil afora! 



Espero que não liguem, mas já tem um pequeno spoiler da próxima postagem aqui, rsrsrs

   
      Podem parecer coisas bobas, mas para mim são vitórias. Pois eu pasei anos dizendo que nunca mais faria um exame de faixa, porque tinha medo da pressão que passei, que nunca faria uma escalada porque tinha medo de cair e me machucar… E enfrentar isso é provar pra mim mesma que sou capaz de muito mais do que fazia até o momento. 😌
    Bom pessoal, essa foi a minha participação no #MDA, desafio #4. Espero que tenham curtido minhas decisões para 2017. E vocês, tem alguma coisa que resolveram encarar e dizer “sim”? Conta pra mim!
   E essa foi mais uma postagem de blogagem coletiva do United Blogs. Veja o que mais meninas resolveram dizer seu “sim”:

1. Versos & Eu

2. Vozes do Pensamento

3. Caligrafando-te



   Até mais! 😌





   


Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui