31 de agosto de 2021

Recebidos do mês | Agosto 2021

    Olá meu povo, como estamos? Hoje eu trago, depois de um pequeno hiato, os recebidos do mês. A maior parte dos livros eu consegui por meio de troca pelo Skoob, o que está sendo ótimo para promover a reciclagem da minha estante, já que livros precisam sair para novos poderem entrar. 
Recebidos do mês | Agosto  2021
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   Além disso, ganhei livro de presente e aproveitei para comprar alguns também, sem exagero
   Então vamos aos recebidos do mês. 

   
Aquisições literárias | Agosto 2021

   Começando pelas trocas feitas no Skoob: 

1. E tem outra coisa

Autor: Eoin Colfer
Editora: Arqueiro
Ano: 2009
Páginas: 368
Skoob | Amazon 


E tem outra coisa | Eoin Colfer
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Fãs de todo o mundo estavam órfãos de novas aventuras dos personagens mais loucos da ficção cientifica desde que o último livro da série O Mochileiro das Galáxias foi escrito em 1992.

Com a morte de seu autor, Douglas Adams, parecia absolutamente improvável que Arthur Dent, Ford Prefect, Tricia McMillan e Zaphod Beeblebrox voltassem a aprontar, depois de tantos anos perdidos no espaço, sem que ninguém tivesse notícia deles.

Mas, como a improbabilidade é o que move o universo de Adams, eis que surge Eoin Colfer para resgatar nossos heróis e metê-los em confusões ainda mais alucinantes ao lado de vogons, peixes-babel, deuses desempregados, computadores irascíveis e alienígenas que dedicam sua imortalidade a ofender todos os seres do Universo.

Seguindo de forma magistral o estilo característico de Douglas Adams e fazendo diversas referências aos cinco volumes da trilogia original, Colfer resgata o humor dessa fantástica série e apresenta um novo destino para os personagens mais amados da Galáxia.

Pegue sua toalha e aproveite esta brilhante aventura espacial. Mas, aconteça o que acontecer, não se esqueça: NÃO ENTRE EM PÂNICO!


2. O corvo e contos extraordinários 

Autor: Edgar Allan Poe 
Editora: Ciranda Cultural (selo Principis) 
Ano: 2019 (Original em 1845)
Páginas: 144
Skoob | Amazon


O corvo e contos extraordinários |Edgar Allan Poe
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

O Corvo e contos extraordinários é uma seleção dos textos mais expressivos do autor considerado o mestre do mistério e procura mostrar o gênio criativo de um dos mais conhecidos escritores americanos. Além dos contos, este volume também traz a tradução do poema O Corvo feita por Fernando Pessoa.



3. O médico e o monstro 

Autor: Robert Loiuis Stevenson 
Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)
Ano: 2019 (Original em 1886)
Páginas: 96
Skoob | Amazon 


O médico e o monstro | Robert Louis Stevenson
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Gabriel John Utterson é um advogado que investiga um caso estranho envolvendo Henry Jekyll e Edward Hyde, repentino beneficiário do testamento de Henry. O advogado descobre acontecimentos que resultam na reclusão repentina de Jekyll. O romance que envolve ficção científica, transtornos psicológicos e terror é um grande clássico do gênero.




4. Vozes do Joelma 

Autores: diversos 
Editora: Faro Editorial 
Ano: 2019
Páginas: 288
Skoob | Amazon 

Vozes do Joelma | autores diversos
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini são autores reconhecidos pela crueldade de seus personagens e grandes reviravoltas nas narrativas. As mentes doentias por trás dos livros A Casa dos Pesadelos, O Escravo de Capela, Dança da Escuridão, Horror na Colina de Darrington, Quando ela desaparecer, O Casamento, Colega de Quarto, e da série As Crônicas dos Mortos, se uniram para criar versões perturbadoras sobre as tragédias que ocorreram em um terreno amaldiçoado, e convidaram o igualmente perverso Tiago Toy para se juntar na tarefa de despir os homicídios, acidentes e assombrações que permeiam um dos principais desastres brasileiros: o incêndio do edifício Joelma. O trágico acontecimento deixou quase 200 mortos e mais de 300 feridos, além de ganhar as manchetes da época e selar o local com uma aura de maldição. Esse fato até hoje ecoa em boatos fantasmagóricos que envolvem a presença de espíritos inquietos nos corredores do prédio e lendas sobre lamúrias vindas dos túmulos onde corpos carbonizados foram enterrados sem identificação. Algo que nem todos sabem, é que muito antes do Joelma arder em chamas no centro de São Paulo, o terreno já havia sido palco de um crime hediondo, no qual um homem matou a mãe e as irmãs e as enterrou no próprio jardim. Devido às recorrentes tragédias que marcaram o local, há quem diga que ele é assombrado por ter servido como pelourinho, onde escravos eram torturados e executados. E sua maldição já fora identificada pelos índios, que deram-lhe o nome de Anhangabaú: águas do mal. Se as histórias são verdadeiras não se sabe… A única certeza é que a região onde ocorreu o incêndio tornou-se uma mina inesgotável de mistérios. E, neste livro, alguns deles estão expostos à loucura de autores que buscaram uma explicação.



5. A catedral do mar

Autora: Ildefonso Marcondes
Editora: Arqueiro 
Ano: 2018
Páginas: 576
Skoob | Amazon 

A catedral do mar | Ildefonso Marcondes
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Saga com mais de 6 milhões de exemplares vendidos apenas na Espanha e que inspirou a série homônima disponível na Netflix, A catedral do mar acompanha a vida de Arnau Estanyol. Filho de um servo que escapa dos abusos de seu senhor feudal e se refugia em Barcelona, Arnau tem a vida marcada pelo trabalho árduo e pela devoção à Virgem Maria. A fé liga sua história a um dos principais templos da Catalunha — Santa Maria do Mar —, e a igreja do povo se torna ela mesma um personagem à medida que Arnau acompanha sua edificação.
De fugitivo a um dos mais respeitados membros da comunidade barcelonesa, ele acaba se aproximando de perigos cada vez mais intensos, como a temida figura da Inquisição. Mas a bondade do homem para com seus colegas de trabalho, clientes e até mesmo aqueles considerados párias — como mouros e judeus — acaba levando-o longe, ainda que frente a tantos conflitos.
De forma raramente encontrada na literatura, A catedral do mar descreve o sistema medieval em detalhes, abordando tanto a arquitetura e a cultura da Barcelona da época quanto suas complexidades jurídicas e financeiras. Ao escrever com evidente paixão sobre um dos períodos mais complicados da história da Catalunha, Ildefonso Falcones construiu este romance épico que se tornou um dos maiores best-sellers recentes da Espanha.




6. Os miseráveis 

Autor: Victor Hugo 
Editora: Ciranda Cultural (Selo Principis)
Ano: 2020 (Original em 1862)
Páginas: 208
Skoob | Amazon 


Os miseráveis | Victor Hugo
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

O romance expõe a filosofia política de Hugo, retratando a desigualdade social e a miséria decorrente, e, por outro lado, o empreendedorismo e o trabalho desempenhando uma função benéfica para o indivíduo e para a sociedade. Retrata também o conflito na relação com o Estado, seja pela ação arbitrária do policial ou pela atitude do revolucionário obcecado pela justiça.

 

   O que ganhei de presente foi: 

7. Arsène Lupin e a agulha oca 

Autor: Maurice Leblanc
Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)
Ano: 2021  (Original em 1909)
Páginas: 224
Skoob | Amazon


Arsène Lupin e a agulha oca | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Um incrível roubo em um castelo no interior da França desencadeia uma perseguição aos ladrões.
Logo descobre-se que Arsène Lupin é o líder da quadrilha. Quem comanda a investigação é Isidore Beautrelet, um jovem estudante de Retórica e um brilhante detetive amador, tão inteligente e sagaz quanto Lupin e, por isso, um opositor a temer. Mas o jovem nem desconfia que, ao desbaratar a quadrilha, não vencerá Lupin. Na realidade, estará apenas dando os primeiros passos para desvendar o mistério da Agulha Oca, conhecido apenas pelo cavalheiro-ladrão.




   E os “recebidos pagos” por mim foram: 

8. Nunca saia sozinho 

Autor: Charlie Donlea 
Editora: Faro Editorial 
Ano: 2020
Páginas: 352
Skoob | Amazon 


Nunca saia sozinho | Charlie Donlea
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

SE ACEITAR O CONVITE, NÃO IGNORE O AVISO.
Dentro dos muros de uma escola de elite as expectativas são altas, e as regras, rígidas. Na floresta, além do campus bem cuidado, há uma pensão abandonada que é utilizada pelos alunos como ponto de encontro noturno. Para quem entra, existe apenas uma regra: não deixe sua vela apagar ― a menos que você queira encontrar o Homem do Espelho… Há um ano, dois estudantes foram mortos em um massacre terrível. Desde então, o caso se tornou o foco do podcast “A casa dos suicídios”. Embora um professor tenha sido condenado pelos assassinatos, muitos mistérios e perguntas permanecem. O mais urgente é: por que tantos alunos que sobreviveram àquela noite macabra voltaram ao lugar para se matar? Rory Moore, especialista em casos arquivados, e seu parceiro, Lane Philips, começam a investigar a noite dos assassinatos, em busca de pistas que possam ter escapado da escola e da polícia. Porém, quanto mais descobrem sobre os alunos e aquele jogo perigoso que deu errado, eles se convencem de que algo fora do normal ainda está acontecendo. O jogo não acabou. Ele prospera… em segredo, em silêncio. E, para seus jogadores, pode não haver uma maneira de vencer ou de sobreviver.



9. Arsène Lupin e a rolha de cristal 

Autor: Maurice Leblanc 
Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)
Ano: 2021 (Original em 1912)
Páginas: 256 
Skoob | Amazon 
Arsène Lupin e a rolha de cristal | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Que interesse pode haver em uma rolha de cristal, para que tantas pessoas a desejem? Nessa emocionante aventura será que o maior ladrão do mundo pode se recompor, salvar da guilhotina seus homens presos e ainda recuperar sua honra perdida? Arsène Lupin e a rolha de cristal, romance de mistério de Maurice Leblanc, foi publicado primeiramente em série no jornal francês Le Journal de setembro a novembro de 1912 inspirado pelos infames escândalos do Panamá que aconteceram entre1892 e 1893. O romance toma emprestado do conto de Edgar Allan Poe, A carta roubada, a ideia de esconder um objeto à vista de todos e prende o leitor com o estilo de Maurice Leblanc.

10. As confissões de Arsène Lupin

Autor: Maurice Leblanc 
Editora: Ciranda Cultural (selo Principis)
Ano: 2021 (Original em 1913)
Páginas: 224
Skoob | Amazon 
As confissões de Arsène Lupin | Maurice Leblanc
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

O principal ladrão do mundo relembra uma vida inteira de aventuras e de suas façanhas ultrajantes nesta coletânea de contos. Já se passaram quinze dias desde que a baronesa Repstein desapareceu de Paris, levando consigo uma fortuna em joias roubadas do marido. Detetives franceses a perseguiram por toda a Europa, seguindo o rastro de pedras preciosas como muitas migalhas de pão, mas ela escapou de seus esforços. Quando Arsène Lupin a encontrar, ela não sumirá tão facilmente.
A mente criminosa mais brilhante de toda a Europa, Lupin não deixa de praticar boas ações ocasionais, especialmente quando há recompensa em dinheiro. Nessas histórias emocionantes, o cavalheiro-ladrão é mais esperto do que policiais e criminosos uma e outra vez, sempre se certificando de embolsar algo para si. Rei do disfarce e do roubo de identidade, Arsène Lupin é uma espécie de Robin Hood da Belle Époque.
Nove contos, cada um com sua própria atmosfera, às vezes sombria e perturbadora, outras mais tingida de humor. No entanto, dá para sentir a personalidade desse camaleão, que, embora à vontade entre as pessoas da alta sociedade, nutre certa empatia pelos mais modestos ou vítimas de injustiças. Arséne Lupin é um personagem intrigante, que conquista com sua personalidade arrebatadora onde quer que esteja. Perfeito para que o leitor nunca se canse.

   Ufa! Foram muitos livros dessa vez. Como puderam notar, a maioria foi de clássicos, que estou começando a olhar com bons olhos na edição adaptada da Principis. 
  Além do preço bem mais em conta, as edições são bem bonitinhas e o texto é adaptado de verdade, o que facilita bastante a leitura. 
  E como são bem fáceis de encontrar nas trocas do Skoob, minha estante está se transformando na estante de clássicos, algo que nunca imaginei que aconteceria (rsrsrs). 
  E o livro do Donlea, estava esperando duas coisas acontecerem: ler todos os que já tinha dele antes de comprar mais um; baixar o valor do que tinha sido lançado primeiro. 
  Quase comprei o lançamento também, o Procure nas cinzas, mas o preço ainda está bem salgado pro meu gosto. Quem sabe na Black Friday eu consiga uma promoção dele… (sonhar não custa nada, rs).
   E aí, já tinham lido algum desses livros? Compraram algum na Book Friday? Me contem aí!


   

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui