7 de fevereiro de 2015

Resenha do livro: O Resgate do Tigre

Boa tarde pessoal! E hoje é dia de resenha! =) A desse sábado é a continuação da saga que comecei a resenhar na semana passada: a saga do Tigre. 
Aviso que contem spoilers…
Se não viu a primeira resenha, corre aqui: 

http://livrosdahanna.blogspot.com.br/2015/01/resenha-do-livo-maldicao-do-tigre.html



Livro: O Resgate do Tigre

Autora: Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Ano: 2011













   Depois de chegar à Índia, de conhecer Kishan, de ter dois
príncipes apaixonados e enfrentar seres mitológicos para ajudar a quebrar a
primeira parte da maldição que aflige os dois tigres por mais de trezentos
anos, Kelsey não se sente tão feliz assim, pois apesar de ter tudo o que uma
garota sempre sonhou: aventuras, um cara lindo e apaixonado, que lhe trata com
tudo do bom e do melhor e sempre a protege de tudo, ela não se sente como parte
desse mundo. Contra a vontade de Dhiren e Kishan, ela decide terminar qualquer
coisa que tivesse começado com o tigre branco e voltar para sua vidinha pacata
nos EUA, cursar sua faculdade e conviver de novo com seus pais adotivos, que
depois de tanto tempo longe já estavam morrendo de saudades.
Kelsey então deixa um bilhete de despedida e pega o primeiro
voo de volta para sua terra natal. Tudo pago pelo senhor Kadan, que garantiu
que Kelsey teria o pagamento adequado para tudo o que fez para ajudar os
príncipes. Mas quando chega em casa, Kelsey dá de cara com um pagamento que não
esperava: matrícula numa universidade cara, com disciplinas já escolhidas (tudo
que envolva história e mitologia hindu), uma casa belíssima e totalmente
mobiliada, um celular de última geração, além de um carro importado e uma gorda
conta no banco. Com todo esse “pagamento”, que o mentor dos príncipes diz ainda
ser pouco, Kelsey promete que, mesmo distante deles, ajudará a quebrar a
segunda parte do encantamento.
   Decidida a esquecer Ren a qualquer custo, Kelsey resolve dar
uma chance para outros caras “normais” da faculdade, o que não lhe agradou
muito, pois não foram escolhas lá muito legais, já que nenhum deles se
comparava ao príncipe indiano que deixara para trás.

“Deixá-lo
havia quase dilacerado meu coração. Ele estava a mais de 11 mil quilômetros de
distância, na Índia, e ainda assim arranjava um jeito de ter algum poder sobre
mim.”


“Vou ter
que me manter ocupada, decidi. Esta será a minha salvação. Vou estudar feito
louca, visitar os conhecidos e… e ficar com outros caras. Isso! É o que vou
fazer. Vou sair com outras pessoas e me manter ativa, assim estarei a cansada
demais para pensar nele. A vida vai seguir em frente. Tem que seguir.”

 Depois de encontros
frustrados e sonhos com o tigre que ela tanto amava, mas que ainda assim se
julgava indigna de ficar ao seu lado, ela segue em frente. Tudo caminha como dá
até que um dia Kelsey chega em casa e dá de cara com quem menos esperava: Ren,
que não aguentou a distância e veio até ela para tentar conquistá-la, e trouxe
consigo o irmão. Como a essa altura Kelsey já está saindo com um rapaz que ela
até gostou, começa uma disputa pelo seu coração novamente, que deixa Kelsey em
dúvida de novo sobre qual caminho seguir: permanecer com seu príncipe
apaixonado e amaldiçoado, ou começar a viver sua vida normal de novo?
Enquanto essa disputa amorosa se desenrola e Kelsey fica
cada dia mais confusa, aparece alguém que também tem vida eterna e que persegue
os príncipes há muito tempo. Depois de inúmeras investigações e perseguições,
eis que aparece Lokesh, o feiticeiro que quer pegar Kelsey de toda forma, para
que os rapazes não tenham como se livrar da maldição. Em uma perseguição ele
finalmente consegue cercar o trio, porém ele leva Ren que, para proteger sua
amada, fica e aceita ser levado por Lokesh.
Dessa vez, Kelsey não apenas tem que quebrar a segunda parte
da maldição, como também precisa novamente falar com Durga a fim de conseguir
salvar seu amado. Ao lado de Kishan, o tigre negro, eles partem para Shangri-La
e para conseguir  importantes recursos
mitológicos, que possam ajudá-los a resgatar Ren.
Esse segundo livro traz mais um pouco da aventura que
começou com ‘A Maldição do Tigre’. Quem curtiu o primeiro livro, com certeza
vai curtir a continuação, que traz a outra parte da vida de Kelsey, mostra seu
relacionamento com Kishan, suas dúvidas e suas escolhas.  Dá para conhecer mais um pouco e se encantar
pela mitologia hindu e um pouco da tibetana também. Um livro que te segura até
a última página e que te deixa curiosa pra saber com qual príncipe Kelsey fica
no final dessa saga. Já que ela ainda não acabou, ainda estou curiosa. rsrsrs
 Bom pessoal, espero que tenham curtido. Até a próxima! =)

  Hanna Carolina.

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui