31 de março de 2018

Resumo das leituras de verão 2018

  Olá meu povo, como estamos? Sei que deveria fazer isso como um post mensal, mas resolvi juntar todas as leituras do verão e fazer um overview com vocês.
   Chega mais e confere! 😉

Resumo das leituras de verão

   Bom, nesse verão eu me empolguei e entrei na maratona de carnaval, além dos livros que me propus a ler no Desafio dos 100 livros em um ano. Logo no início do ano, me propus a ler 30 livros e algumas HQ’s. E até agora, cheguei a marca de 15 leituras, que foram essas aqui:

1. Guerras Secretas – Alex Irvine


Páginas: 303


Editora: Novo Século


Edição: Impressa





Guerras Secretas
Divulgação



Destruam seus inimigos e todos os seus desejos serão realizados!Vingadores, X-Men, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha: os maiores heróis do universo. Magneto, Doutor Destino, Ultron, Galactus: os maiores vilões. Convocados pelo onipotente Beyonder para um desafio interestelar, heróis e vilões deverão se confrontar no Mundo de Batalha, visando conquistar o maior prêmio que alguém jamais poderia cobiçar.

(Resenha aqui)













2.  Sem legenda – M. Castro


Páginas: 290


Editora: Amazon


Edição: Digital

Sem legenda
Divulgação



Bela, desapegada e do bar, é assim que Alice Almeida se define. Avessa à compromissos e totalmente adepta ao sexo casual, sua principal diversão é sair para dançar e beijar na boca sem ter que dar satisfação a ninguém.Responsável, em um relacionamento estável e dono do próprio negócio, Marcelo Timinski é totalmente o oposto da nova colega de faculdade. Faz o tipo discreto, reservado e já tem seu futuro traçado. Incompatíveis? Só que não.A química entre eles foi perfeita e em pouco tempo um precisava do outro de uma forma inimaginável. O que não esperavam é que entre segredos e confidências, a amizade ganharia cor e o envolvimento indefinido acabaria bagunçando suas vidas para sempre.

(Resenha aqui)



3. O salmão da dúvida – Douglas Adams


Páginas: 304


Editora: Arqueiro


Edição: Digital



Divulgação



Douglas Adams mudou a cara da ficção científica com a série interplanetária O Mochileiro das Galáxias. Infelizmente, ele fez sua própria viagem para além da Terra cedo demais, deixando milhares de fãs órfãos. Agora mais uma vez os leitores vão poder se deleitar com a sagacidade desse grande autor.Reunindo textos encontrados no computador de Adams após sua morte, este livro traz uma coletânea de histórias, resenhas, artigos e ensaios inéditos, além de oferecer um retrato raro da personalidade do homem por trás da obra: a devoção aos Beatles, o ateísmo radical, o entusiasmo pela tecnologia, a luta obstinada pelos animais em vias de extinção.Mistura de homenagem póstuma ao autor com último presente a seus fãs, O salmão da dúvida é profundo, excêntrico, provocante e divertido. 

(Resenha aqui)

4. Origem – Dan Brown

Páginas: 427


Editora: Arqueiro


Edição: Impressa

Origem
Divulgação

De onde viemos? Para onde vamos?
Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”.O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch… e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.

(Resenha aqui)



5. Que mico! – Dieison Engroff


Páginas: 102


Editora: Ava


Edição: Digital

Que mico!
Divulgação

Todo mundo tem daqueles parentes que são iguais à segunda-feira; a gente não gosta, mas não tem como escapar deles. Sempre há alguém que fala o que não deve, que faz piada sem graça, ou que paga de abobado nas redes sociais…Essas situações hilárias e que rendem boas risadas a Rô compartilha com você! Ela quase morre de vergonha com cada mico e mancada cometidos por sua família, coitada! Os parentes dela, sem muito esforço, conseguem estourar todos os micômetros do planeta.É tanto mico que provavelmente você irá terminar a leitura com a barriga doendo de tanto rir e dirá: “Ufa! Ainda bem que não foi comigo!”Um livro de humor, que também aborda questões sérias como consumismo, separação dos pais e o típico constrangimento que muitos adolescentes sentem em relação ao pai e à mãe. É pra pensar e se divertir!



(Resenha aqui)

6. HQ Batmam – Piada Mortal – Allan Moore & Brian Bolland


Páginas: 48


Editora: DC Comics


Edição: Digital



Divulgação

Um dia ruim.É apenas isso que separa um homem são da loucura. Pelo menos segundo o Coringa, um dos maiores e mais conhecidos – se não o maior e mais conhecido – vilão do mundo dos quadrinhos. E ele quer provar o seu ponto de vista enlouquecendo ninguém menos que o principal aliado de seu maior inimigo: o Comissário Gordon. Cabe ao Cavaleiro das Trevas impedir.

7. Annie – Thomas Meehan


Páginas: 207


Editora: Intrínseca


Edição: Impressa




Annie
Divulgação



Aos onze anos, Annie é uma garotinha corajosa o suficiente para encarar sozinha as ruas de Nova York perseguindo seu grande sonho: encontrar os pais. Deixada por eles em um orfanato quando ainda era um bebê, com pouco mais que um bilhete informando que voltariam para buscá-la, a menina leva uma vida difícil sob o comando da malvada Srta. Hannigan, diretora do lugar. Cansada de esperar que os pais retornem, Annie foge do orfanato e enfrenta as mais inesperadas desventuras. Sua sorte parece estar prestes a mudar quando ela é escolhida para passar as festas de fim de ano na mansão de um rico empresário. Mas será que Annie finalmente conseguirá realizar seu sonho e escapar da dura vida do orfanato?

(Resenha aqui)











8. American Gods #1 – Neil Gaiman, P. Graig Russel & Scott Hampton 


Páginas: 33


Editora: Dark Horse Comics


Edição: Digital




American Gods #1
Divulgação


Shadow Moon saiu da cadeia só para descobrir que sua esposa está morta. Derrotado, falido, e sem a certeza de para onde ir daqui pra frente, ele conhece o misterioso Sr. Wednesday, quem o contrata para servir como seu guarda-costas—empurrando Shadow em um perigoso mundo do sobrenatural, onde fantasmas do passado voltaram dos mortos, e uma guerra em andamento entre os novos e antigos deuses alcança seu ápice.



















9. American Gods #2 – Neil Gaiman, P. Graig Russel & Scott Hampton 


Páginas: 33


Editora: Dark Horse Comics


Edição: Digital


American Gods #2
Divulgação




Shadow, é um ex-detento que até então aguardava sua libertação, tendo sua história narrada há três dias de sua tão aguardada liberdade, quando voltaria para sua esposa que o estava aguardando e um emprego na academia de um amigo. Na segunda edição Shadow é recrutado para ser segurança do enigmático Sr. Wednesday. Seu novo emprego acaba tornando-o alvo do Technical Boy, que deseja respostas sobre os planos do Sr. Wednesday.



















10. American Gods #3 – Neil Gaiman, P. Graig Russel & Scott Hampton 


Páginas: 33


Editora: Dark Horse Comics


Edição: Digital


American Gods #3
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

































11. Cicatrizes de aço (um conto de A rainha vermelha) – Victoria Aveyard


Páginas: 88


Editora: Seguinte


Edição: Digital

Cicatrizes de aço
Divulgação

Neste conto você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha. Farley teve uma criação rígida e, desde pequena, aprendeu a ser forte e durona. Mas a missão de semear a rebelião em Norta talvez fosse mais difícil do que ela esperava: pela primeira vez, a capitã comandaria uma operação sozinha.

















12. Canção da rainha (Um conto de A rainha vermelha) – Victoria Aveyard

Páginas: 50


Editora: Seguinte


Edição: Digital

Canção da Rainha
Divulgação

Neste conto que se passa no universo da série A Rainha Vermelha, você terá acesso ao diário secreto da rainha Coriane, primeira esposa do rei Tiberias VI e mãe de Cal. Presente de seu querido irmão Julian, o caderno se tornou o único lugar onde a nobre prateada podia desabafar sem que seus pensamentos e emoções fossem usados contra ela.

















13. A menina que não sabia ler – John Harding

Páginas: 288


Editora: Leya


Edição: Digital

A menina que não sabia ler
Divulgação

1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros – únicos companheiros e confidentes – antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?

(Resenha aqui)


Dark night returns
Divulgação

14. Dark nigth returns – The last crusade – Frank Miller, Brian Azzarello, Bill Steigrwald, Remita Jr.


Páginas: 64


Editora: DC Comics


Edição: Digital
















15. Dois mundos – Talita Salvador


Páginas: 638


Editora: Amazon


Edição: Digital

Dois mundos
Divulgação

Pare! Agora pense por um momento naquele sonho ou naquela vontade muito grande de algo que você teve a vida inteira. Pensou? Talvez isso esteja relacionado à sua carreira ou uma experiência pessoal? Ou ainda algo que até o momento é impossível, mas que você anseia muito que a humanidade um dia seja capaz de conquistar. E se a oportunidade de tornar esse sonho realidade lhe fosse ofertada? Como se sentiria? Mergulharia de cabeça sem pensar? E se isso envolvesse vários riscos? Mesmo assim arriscaria ou deixaria a oportunidade passar? Mas, será que nossos sonhos realmente sempre saem como esperados?Iris Tralli é uma jovem astrônoma, nascida e crescida na cidade de São Paulo, que leva uma vida rotineira e até mesmo um pouco monótona quando inesperadamente é convidada a fazer parte de um projeto piloto organizado pela NASA. É dada a ela justamente a oportunidade única de colocar em prática seu maior sonho: seu projeto que lhe custou anos de trabalho. Com um time de pessoas desconhecidas, recrutadas de outras partes do globo, ela enfrentará o desafio de fazer uma viagem interplanetária em um projeto nunca antes testado. Durante todo o processo Iris terá que lidar com muitos problemas inesperados, descobertas que nunca imaginou existir e muitos conflitos internos. Ela passará por muitos desafios e finalmente embarcará no seu sonho, mas será que tudo isso valerá a pena?

(Resenha aqui)

   Dentre essas leituras, tive uma diferença imensa entre edições digitais e físicas:

Saldo literário de verão
    No fim das contas, percebi que ando lendo cada vez mais livros digitais que físicos, fato que pretendo mudar ainda esse ano. Além disso, acho que estou indo bem com a meta literária, né? 😉
   O que acharam? Como está caminhando a meta literária de vocês? 
   Até mais!
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui