1 de setembro de 2022

Seis Ex | Paula Prata

   Olá meu povo, como estamos? Depois de um tempo considerável sem ler
contos, a louca das antologias voltou
com um achado do Kindle Unlimited: “A Tudo Fica Melhor em Musicais”, publicada pela
Se Liga! Editorial. O primeiro volume se chama ‘Seis Ex’, inspirado no musical
da Broadway ‘Six’ e escrito pela
autora nacional Paula Prata.
Seis Ex | Paula Prata
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

45/24
Livro: Seis Ex
Autora: Paula Prata 
Editora: Se Liga! Editorial 
Ano: 2021
Páginas: 35
Skoob | Compre na Amazon



Henrique do Oitavo B era o garoto mais popular da escola e comandava os
corredores como se fossem o próprio reino dele. No início de um novo ano
letivo, uma de suas seis ex-namoradas descobre que ele foi transferido e
resolve se reunir com as outras cinco para que elas possam, juntas, tomar a
coroa que ficou repentinamente sem dono.





Seis Ex | Paula Prata




   Essa resenha será mais curtinha por se tratar de um conto com menos de
40 páginas. Mas apesar de ser uma leitura rápida, não deixou nada a desejar. 
   Aliás, estas considerações foram escritas ao som do musical que inspirou a
história
, o qual eu não conhecia, diga-se de passagem.
   Para quem, assim como eu, nunca tinha ouvido falar, ‘Six’ conta de uma
forma bem dançante a história das seis esposas de Henrique VIII
, famoso por
trocar mais de mulher do que de cuecas (supondo que trocasse), tentando ter um
filho homem para herdar o trono. 
   Aqui, as rainhas se reúnem e contam sua versão
dos próprios casamentos
, de uma forma bem divertida, porém sem deixar de ser
dolorosa, com uma mensagem no final.
   E em ‘Seis Ex’ o clima é parecido. Nesse caso, estamos no Brasil, em um
colégio. Henrique é um menino bastante popular, por n motivos, sendo o
principal deixar várias namoradas com o coração partido pelos corredores. Assim
como o rei, o rapaz gostava de ter parceiras com nomes parecidos.
   Dessa forma, não foi difícil para elas se conhecerem. Quem toma a
iniciativa para fundar o Clube das Seis é Catarina Pera, a ex-namorada mais
recente de Henrique. 
   As outras meninas aceitam o convite e querem decidir quem
seria a presidente do clube, usando como critério a história mais sofrida. 


Seis Ex | Paula Prata
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




   Cada
uma, ao seu modo, faz sua narrativa de como foi parar na mão do rapaz mais
cobiçado da escola, para depois serem tratadas como ninguém.
   Observando os capítulos, percebi que eles seguem à risca a ordem das músicas
do espetáculo
, as quais representam sucessão cronológica em que os casamentos
ocorreram. 
   Achei bem legal, pois conforme ouvia as canções, entendia o porquê
de vários elementos ao longo do texto
, além de ter algumas aulas de história,
já que conhecia apenas as duas primeiras rainhas.
   A primeira é Catarina Aragão (Catarina de
Aragão), seguida de Ana Bonilha (Ana Bolena), Jane Senra (Jane Saynour), Hanne
Celeste (Ana de Cleves), Katerine Haut (Catarina Howard) e Catarina Pera
(Caratina Parr). Com a narrativa em primeira pessoa, somos apresentados às
situações pelo ângulo das próprias protagonistas.
   Com pezinho na história e trazendo elementos do que realmente aconteceu,
a autora conseguiu deixar um conto com a cara do musical, porém sem perder a
identidade. 
   Relacionamento só por status,
descoberta de sexualidade, preconceito, escândalos e fofoquinhas, mesmo com
pouco espaço, vemos tudo isso e muito mais do que se possa imaginar.
   Mesmo sendo temas um tanto densos, a Paula tratou com bastante suavidade
e delicadeza, o que, junto com uma escrita fluida, deixou a leitura prazerosa e
super rápida. 
   As personagens também são cativantes e me diverti bastante lendo
alguns percalços pelos quais elas passaram até chegarem no clube.
   Embora tenham sido divertidos de se ler, também tinham o toque de
seriedade e realidade
que me deixaram revoltada e com vontade de bater no
Henrique. 
   Aliás, o rapaz deve ter ficado com a orelha queimando durante o conto
inteiro, já que todos os relatos são sobre ele, que não sabe da existência do
clube e, por isso, não tem uma fala ao longo do conto, a não ser de lembranças
das meninas.


Seis Ex | Paula Prata
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




   Dessa forma, fico apenas com a figura que elas pintam: a de um jovem
mimado que ama viver de aparências e não sabe ouvir um “não”. 
   O que, infelizmente,
ainda é a realidade em vários lugares ao longo dos tempos.
   Assim como no espetáculo, é interessante saber de que modo as moças do
Clube das Seis se reuniram com um único assunto em comum, porém tomam outro
rumo. 
   Isso porque, conforme contam suas histórias, o que parecia uma competição
vira uma rede de apoio.
 
   Então, vemos muito respeito, sororidade e amizade para
a vida toda. O final, por sua vez, já é esperado, porém aceitável e mais do que
merecido.
   Adorei a experiência e já até baixei a metade dos contos da antologia,
que está toda disponível no catálogo do Kindle
Unlimited
(para nossa alegria). 
   Em relação à obra em si, eu posso dizer que
tem uma revisão bem feita e a diagramação muito amorzinho, embora a capa seja
meio infantil. 
   Gostei também que cada capítulo traz uma parte da música ali
representada
, o que nos faz ficar ainda mais próximos do espetáculo.
   Em resumo, é uma leitura agradável e divertida que recomendo,
especialmente, se você curte musicais.








Já conheciam essa antologia? Gostam de livros com referências de musicais? Me contem aí. 










Obs.: Texto revisado por Emerson Silva 
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui