14 de agosto de 2018

TAG Super Pai Literário

   Olá meu povo, como estamos? Essa semana tivemos uma data emblemática aqui no Brasil, o dia dos pais, no último domingo 12/08. Assim, a TAG de hoje é uma homenagem aos pais literários, a TAG Super Pai Literário, idealizada pelos blogs Coleções Literárias e Um Baixinho nos Livros. Vem ver o que aprontei por aqui! 😉

TAG Super Pai Literário
Foto: Coleções Literárias

TAG Super Pai Literário

   Essa TAG consiste em associar alguns super heróis a pais literários, além de associar alguns itens do vestuário masculino a livros. O que ficou mais ou menos assim:

 1. Superman: Um super pai.


Toda luz que não podemos ver
Divulgação



R. Cito esse livro e sempre citarei! É um livro que é exemplo de muita coisa e o pai de Marie-Laurie é um dos melhores pais que já conheci.
Um pai que queria uma filha independente quando na época ela deveria ser a coitadinha por ser cega. E ele fez um trabalho tão bem feito que a menina sobrevive à guerra, graças aos ensinamentos dele. 
Esse é um pai da p*!

[Resenha]



2. Capitão América: Um pai protetor.


Annie
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

R. O grande empresário que adotou Annie é um pai protetor e muito amorzinho. 
Essa é uma história que merece ser lida por cada geração. 😍

[Resenha]

3. Homem Aranha: Um pai grudento


Coração de tinta
Divulgação

R. Mo é um pai incrível, ainda mais por ser um apaixonado pelos livros. Mas achei ele meio grudento com a filha.
Nem queria que ela soubesse que tinha um dom, mas também não largava do pé da garota… 



4. Hulk: Um pai esquentadinho.


O jovem Sherlock Holmes
Divulgação
R. Amyus Crowe é o mentor de Sherlock Holmes, quando esse ainda é um adolescente e nada sabe de pensamento dedutivo. 
Mas ele tem um ciúme chato da filha Virginia e não gosta nem um pouco quando ela se aproxima de Sherlock. Para evitar o contato dos dois, ele se mete em cada enrascada que vou te contar…
[Resenha]


5. Chapolin: Um pai atrapalhado ou Engraçado.


O efeito Rosie
Divulgação
R. Don Tilman é não apenas o marido, mas o pai mais atrapalhado de que se tem notícia! 😂😂
Depois de toda a confusão para arrumar a namorada perfeita, agora que ela anuncia a vinda de um bebê, ele se mete em todas as trapalhadas possíveis e impossíveis,
tudo para ter uma vida social como pai. 



6. Flash: Um pai apressado.

Garota exemplar
Divulgação

R. O pai de Amy queria tanto que ela fosse perfeita, que ainda pequena já deveria ser um gênio… 
acho que isso a transformou no monstrinho que vimo em ‘Garota Exemplar’.

[Resenha



7. Cinto: Um livro que te prendeu do inicio ao fim.


Filhos do Éden
Divulgação

R. Não apenas um, mas a trilogia toda de Filhos do Éden me prendeu do início ao fim. 
Amo literatura fantástica, amo livros nacionais e foi a combinação perfeita. 💓

[Resenha 1]    [Resenha 3]
   
8. Carteira: Um livro responsável por esvaziar sua carteira.


Clássicos Zahar
Divulgação

R. As edições da Zahar em capa dura são umas das mais em conta que já vi nas livrarias. 
Mesmo assim, quando me apaixonei e comprei uns 4 de uma vez, precisei parcelar no cartão de crédito e ouvi muito da minha mãe quando cheguei em casa… (rsrsrs)
Mas o que posso fazer se eles capricham nas edições? E ainda quero mais alguns títulos da editora na minha estante… 💓
Enquanto isso, continuo convencendo minha mãe que é um investimento e não gasto desnecessário… 😜


9. Terno: Um livro de época ou Clássico.


Os três mosqueteiros
Divulgação
R. Um clássico que gosto muito é ‘Os três mosqueteiros’, que também acaba sendo um livro de época. 
Ele é de uma linguagem bem rústica, às vezes tenho que pegar um dicionário para entender, mas é uma história muito maneira e que gosto bastante.  
[Resenha]

10. Gravata: Um livro que te sufocou.


A menina que não sabia ler
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

R. Fiquei sufocada com ‘A menina que não sabia ler’. Peguei esse livro achando que era uma história toda amorzinho e me ferrei bonito… 
A personagem principal beira a loucura e eu não sei até hoje o que me fez ler até o final… 

[Resenha



   Gostaram da TAG? Me contem aí! 😉















BEDA 2018

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui