30 de setembro de 2017

Trilhas e Aventuras: Pedra do Elefante

   Olá meu povo, como estamos? Hoje temos no ar o quadro Trilhas e Aventuras, porém não contado por mim… Pois é… dessa vez, não pude ir, devido a problemas familiares… Mas como tudo tem seu lado bom, hoje é também a estreia de mais um colaborador aqui no Mundinho, o Erik Lourenço. Vem ver o que ele contou sobre a última aventura dos Trilheiros Urbanos (sim, retornamos com o nome original, já que o outro grupo pelo visto não existe mais)! 😉

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

   Olá, tudo bem? Hoje tivemos destino um especial, no Parque Estadual da Serra da Tiririca, Pedra do
Elefante. Bom, esta trilha já
estava marcada há mais de um ano, era um sonho dos Trilheiros Urbanos ir
desbravar uma trilha em Niterói, uma cidade tão bela quanto à canção: “Garota
de Ipanema – Antônio Carlos Jobim” e também não é tão longe.
  Desta vez o grupo foi
incompleto. Porém, nós representamos cada um de nossos amigos e de vocês
leitores. Olha quem foi: Carol Melo, Patrick Araújo e Erik Lourenço (eu).
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
 A Pedra do Elefante
(Alto Mourão) fica no Parque Estadual da Serra da Tiririca, em
Niterói.  Levamos umas 2h para subir
(Carol com os descansos e fotos), depois 1h30 min para descer. Muitas pessoas travam na hora de
subir, pois tem uma escalada que dá um medinho. Então, quem for para essa trilha tem
que estar com disposição para colocar as mãos no chão. A trilha não é tão bem sinalizada
como as do município do Rio, no entanto, na da Pedra do Elefante é bom prestar atenção e tomar cuidado com pessoas que saem do nada do
mato (acho que o moço estava fazendo necessidades, rsrs).
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
  Como chegar? Bom, é fácil chegar lá, mas é bom ficar atento. Tem
duas maneiras de chegar, para quem tem Bilhete único não tem problema, mas para quem não tem vai fazer uma enorme diferença no orçamento. Veja:
 Chegando à Central do
Brasil, vá em direção a Av. Pres. Vargas. É só atravessar a rodoviária do
ônibus que vai para Zona Sul do Rio, logo ali tem um ponto.
A linha do ônibus é: 770-D Niterói / Itaipu, empresa:
Pendotiba (a passagem custa R$ 8,20).  Ao
chegar em Itacoatiara, tem que pegar uma van, nela vem escrito: Serra, que  custa R$
3,00, mas deixa na entrada da trilha. (a van não aceita Bilhete Único).
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos

Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
  2ª alternativa e mais rápida: Esse ônibus tem o
ponto de partida do Ed. Garagem no Largo da Carioca (sei que ele também passa
pela Cidade do Samba
).  Pegar o ônibus:
Itapuaçu, da Aviação Amparo, a passagem custa R$ 20,00. Soltar no ponto final,
de Itaipuaçu e dá para ir a pé até a entrada da trilha, mas eu aconselho pegar
uma van que também custa R$ 3,00.
Para finalizar o dia com chave de diamante (porque a de
ouro já esta muito usada
), finalizamos nossa aventura na praia de
Itaipuaçu. Por que não de Itacoatiara? 
Porque Itaipuaçu é mais vazia e podemos tentar fazer várias poses sem
sentir tanta vergonha.
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
Pedra do Elefante
Foto: Trilheiros Urbanos
   Para quem gosta de
cachorro, nessa praia pode levar seu companheiro(a) de quatro patas para dar uma voltinha e
brincar. Não se esqueçam de levar sacolinhas para recolher as necessidades de seu
bichinho, praia é muito bom e limpa melhor ainda. Também próximo à praia tem
uma academia muito legal para treinar e tirar fotos, como eu adoro as duas
coisas eu não resisti. Os barzinhos tem como prato principal os peixes que eles
mesmos pescam e os caranguejos, que eles pegam de uma ponte, onde passamos para
ir à praia.

  Essa foi minha postagem de hoje, espero que tenham gostado. 
  Adorei falar com vocês! Até a próxima!
  E apresentando o Erik a vocês:
Foto: Erik Lourenço
“Erik Lourenço, tenho 19 anos, moro no Rio de Janeiro, gosto de passear, tenho uma atração muito forte por esporte e principalmente por esporte de aventuras. Sou guia de turismo habilitado para o turismo regional  (RJ), nacional e da América do Sul. 
 Também gosto muito de ir em centros culturais e conhecer pessoas. Sou do tipo de pessoa que, se você sorrir e simpatizei, pode se preparar, porque vamos conversar e muito!”
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui