26 de junho de 2018

Um bom lugar para ler um livro: Fortaleza Santa Cruz da Barra

  Olá meu povo, como estamos? Hoje temos o quadro Um bom lugar para ler um livro (finalmente), contando como foi meu passeio na Fortaleza Santa Cruz da Barra, em Niterói.

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Espaço Cultural do Exército

   Chega mais e confere! 😉

Fortaleza Santa Cruz da Barra

   Para quem não conhece:

A Fortaleza de Santa Cruz da Barra é o segundo ponto turístico mais visitado de Niterói. Com arquitetura impressionante, atrai turistas e pesquisadores em busca de lazer e história.Com arquitetura imponente, a Fortaleza de Santa Cruz da Barra, localizada no município de Niterói, foi durante os períodos de colônia e império brasileiro a principal estrutura defensiva da Baía de Guanabara e do Porto do Rio de Janeiro.Guarnecida até os dias de hoje, a Fortaleza atrai uma média de dois mil visitantes por mês, em visitas guiadas, de hora em hora, com a duração de cerca de 45 minutos. Atualmente, é a sede da Artilharia Divisionária da 1ª Divisão de Exército.Em 1555, Villegaignon improvisou uma fortificação para a defesa da entrada da Baía de Guanabara. Tomada por Mem de Sá dois anos mais tarde, foi ampliada, recebendo o nome de N. Sra. Da Guia, origem da fortaleza de Santa Cruz da Barra. Com uma área construída de 7.153 m² , passou por reformas e teve seu poder de fogo ampliado por ordem do Vice-Rei Conde de Cunha, visando a proteger o embarque de ouro de Minas Gerais, feito no Porto do Rio de Janeiro. A Fortaleza de Santa Cruz da Barra participou de momentos importantes de nossa história, impedindo invasões francesas e holandesas. Enquanto presídio, recebeu figuras ilustres como José Bonifácio, Bento Gonçalves e Euclides da Cunha.Durante a revolta da armada, lutou contra o Forte de Villegaignon. Em 1922, na Revolta Tenentista, disparou contra o Forte Copacabana. Seu último disparo, contra o cruzador Tamandaré, foi dado em 1955.

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna
Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   Lugar de história viva do nosso país, a Fortaleza de Santa Cruz da Barra fica localizada num dos pontos da Baía de Guanabara mais próximos do Pão de Açúcar, sendo também ponto de melhor defesa. Em funcionamento até os dias de hoje, é aberto ao público com visitas guiadas de hora em hora, sendo a última, às 17h, mais longa, pois eles permitem que a gente aprecie o pôr-do-sol.

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   O ingresso é bem em conta: R$6,00 a inteira e R$3,00 para estudantes e menores de 18 anos. Um soldado é responsável pela visita e podemos percorrer alguns lugares e ter a ideia de como seria um procedimento de defesa contra navios inimigos.
   Temos também acesso às celas, e ter a ideia de como seria a vida de um prisioneiro de guerra… O que não é nada legal, visto que as celas são úmidas e fechadas… em outras palavras, eles não duravam muito ali… 😕

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   Além disso, temos acesso aos canhões, que vão se modificando conforme nosso trajeto mais para dentro do forte. Cada modelo se refere à época de ocupação pelo exército. Então temos desde os modelos mais simples, que datam do século XVI, até o Século XIX. Nenhum deles funciona, porém ficam todos expostos até hoje como se fossem ser usados a todo momento.

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

   Logo na entrada, podemos ver uma placa que conta toda a cronologia da fortaleza, desde sua construção inicial, até a participação na II Guerra Mundial e o último disparo, dado contra a embarcação Tamandaré, em 1955. Outra coisa que achei super legal foi saber o real significado do ditado “a cobra vai fumar”.
    De acordo com o soldado que nos guiou, o ditado teve origem na II Guerra Mundial, quando o Brasil anunciou que participaria e enviaria uma tropa para lutar. A nação não acreditou e saiu um bordão que era mais fácil uma cobra fumar do que os soldados voltarem vivos da guerra… Bom, os soldados saíram do pelotão da Fortaleza Santa Cruz da Barra e voltaram vivos… A cobra fumou e, desde então, faz parte do escudo da tropa. 

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   Além disso, o lugar mudou de nome duas vezes. Logo no início, se chamava Fortaleza Nossa Senhora da Guia. E podemos ver isso logo antes de chegarmos à entrada oficial da fortaleza, com uma fonte (desativada, mas permitida para visita), com a imagem da santa e uma placa comemorativa.
   Outra coisa super legal, é que a Fortaleza Santa Cruz da Barra foi eleita uma das 7 Maravilhas de Niterói, por voto popular. Então olha só que honra conhecer um dos lugares mais visitados e admirados pelo povo da cidade… 😍

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

   Em todo ponto de parada é permitido tirar fotos, desde que seja da vista da Baía de Guanabara, já que ainda está em funcionamento e passamos por alguns lugares que são de uso exclusivo dos soldados… Mas apesar disso, não foi problema algum ter tirado fotos apenas da paisagem da Baía, o que deixou um cenário lindo. Teria ficado mais se o tempo estivesse mais ensolarado, mas não impediu minhas fotos junto com meu companheiro de museus Erik. 😂😂

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Erik Lourenço/Mundinho da Hanna

   Para chegar lá, tivemos que sair de Caxias e ir até o Centro do Rio de Janeiro, onde pegamos um ônibus que nos deixou no terminal rodoviário de Niterói, próximo da estação da barcas. De lá, pegamos na mesma rodoviária a linha 033, que nos deixou no ponto final e seguimos a pé até a fortaleza. Quem for, indico que vá de carro, pois tem estacionamento do lado de fora da fortaleza… ou se for a pé igual fomos, que use um sapato confortável. Andamos bastante pela pista estreita e levamos cerca de 20 minutos até chegar na entrada propriamente dita do local. Como o tempo estava nublado e era próximo ao litoral, não sofremos com o calor… Mas se for num dia quente, aconselho também a ir com uma roupa confortável, pois é um caminho um tanto cansativo, além de ter que ficar atento ao movimento constante dos carros de ambos os lados…
   Foi um passeio bem divertido, que rendeu altas fotos e risadas com meu amigo, além de conhecer mais um pouco contra nossa História.
   Você já foi na Fortaleza Santa Cruz da Barra? Me conta aí!

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

 Fortaleza Santa Cruz da Barra
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

    Até mais!

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui