16 de dezembro de 2018

Esmaltes e livros: Dezembro

Olá meu povo, como estamos? Hoje, terceiro domingo do mês, temos o quadro Esmaltes e Livros, em parceria com as meninas do MãeLiteratura e Pacote Literário. O tema de dezembro é dourado, o que tem tudo a ver com as festas de fim de ano.Como não sou muito fã de dourado, optei por uma adaptação da cor (rsrsrs).

 

Esmaltes e livros

Escolhi dois esmaltes: a base mais clara é o Candelabro, da Dailus e o glitter dourado é o Dara, da Priscilla Esmaltes. A Dailus eu já conhecia como esmalte e até gosto. Embora não me dê bem com esmaltes muito clarinhos. Com duas camadas eu tive resultado próximo do que tava no vidrinho, mas não é de boa duração, infelizmente.

Esmaltes e livros
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Já ao glitter dourado… Bem, no vidrinho, é beeeem dourado, mas na hora de passar não é bem assim. Quem olha minha unha ao vivo, percebe que tem um brilho dourado, no entanto, o mesmo quase não apareceu na foto. É muito discretinho, o que é bom para quem não curte muito brilho, mas para o desafio, foi uma decepção.

 

Esmaltes e livros
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Com relação às leituras, como sempre são duas. A primeira é ‘A liga dos corações puros’, em parceria com a Chiado Editora e com o autor César Dabus.

 

 

A liga dos corações puros
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Livro: A liga dos corações puros – A chama


Autor: César Dabus


Editora: Chiado


Ano: 2018


Páginas: 484

Adicionar ao Skoob

Antes de explicar a sinopse, já adianto e garanto – mas garanto mesmo! -, que este é o livro mais louco que você vai ler em toda a sua vida. Literatura. Poesia. Espiritualidade. Rock’n’roll. Autoconhecimento. Despertar da Consciência. Meditação. Chakras. Alquimia. A Liga dos Corações Puros é a mistura disso tudo numa coisa só.Agora, vamos para a sinopse. O universo Flor Estelar vive em intenso conflito. O Exército do Rock’n’roll vs o Exército do Ruído. Esqueça as armas convencionais. Esta é uma história onde atiram Rock’n’roll com instrumentos musicais. Sim, os próprios instrumentos “atiram”. Os ruidosos querem continuar causando desarmonia espiritual para propagar o materialismo, enquanto os roqueiros querem trazer harmonia espiritual de volta ao universo. E foi nessa sociedade onde Zakzor nasceu. E desde pequeno fora condicionado, robotizado, para servir ao desarmônico sistema do Exército do Ruído. Porém, Zakzor tinha poderes mediúnicos, também conhecido como Intuição. Em outras palavras, sua Voz Interior. E isso era “errado”. Você não podia viver conforme a “sua Voz Interior”. Você devia viver conforme “Voz-do-mundo”, a Voz Exterior. A voz social que te conduz, que te robotiza a fazer aquilo que “foi condicionado como certo”. Ouvindo Intuição, Zakzor chega à Liga dos Corações Puros, onde é recebido por sete mestres que o guiam numa jornada interior de autoconhecimento para o despertar de sua consciência e encontrar a harmonia espiritual dentro de si mesmo.A Chama é o primeiro livro de uma saga. Embarque nesta aventura mais do que recheada de batalhas, sofrimento, meditação, cantorias, e procure conhecer um pouco mais sobre você.

 

E a segunda é ‘Espada de vidro’, da autora Victoria Aveyard, continuação do que começou em ‘A rainha vermelha‘.

Espada de vidro
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna

 

Livro: Espada de vidro


Autor: Victoria Aveyard


Editora: Seguinte


Ano: 2016


Páginas: 496



Adicionar ao Skoob



Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

 

O que acharam das minhas escolhas? Já conheciam os livros? E as marcas dos esmaltes? Me contem aí!

 

 

Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Os Garotos do Cemitério | Aiden Thomas

Quotes #19: Os Garotos do Cemitério

Olá meu povo, como estamos? Os Garotos do Cemitério […]

Os Escolhidos | Pedro P.R.

Os Escolhidos | Pedro P.R.

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu trago a […]

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui