3 de setembro de 2020

Quotes #1 | O ceifador

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu trouxe uma postagem comum no mundo literário, mas que nunca tinha feito aqui no Mundinho. Quando gostamos muito de um livro, marcamos várias páginas dele, tiramos um monte de quotes que gostaríamos de compartilhar com o mundo.
[Quotes] O ceifador | Neal Shusterman
Foto: Hanna de Paiva | Mundinho da Hanna
Apesar de ter passado por vários livros incríveis, eu me preparava para fazer uma postagem só com os quotes deles, e acabou ficando para depois. Mas com O ceifador, eu decidi finalmente fazer por aqui uma postagem especial, com meus quotes favoritos dele.

“Sou a faca movida por sua mão,
cortando um arco-íris reluzente.
Sou o badalo, mas você é o sino,
tocando na escuridão crescente.
Se você é um cantor, sou a canção,
uma trenodia, um réquiem, uma canção fatal.
Você me tornou a resposta às necessidades do mundo,
a premência da humanidade imortal.”

“O poder da vida e da morte não pode ser concedido de maneira leviana, mas com uma cautela estoica e ponderada.”

 

 

“A imortalidade não pode amenizar a loucura ou a fragilidade dos jovens.”

 

“Sou uma lenda. Mas todo dia desejo não ser.”

 

 

[Quotes] O ceifador | Neal Shusterman

 

 

 

“Longe de mim querer o retorno da criminalidade, mas me aborrece o fato de nós, ceifadores, sermos os únicos provedores de medo. Seria bom ter concorrentes.”

 

“O dia definitivamente não correra como planejado _ mas quem era ela para resistir ao que claramente parecia obra do destino?”

 

“Afinal, este é um mundo perfeito _ e, num mundo perfeito, não devemos todos ter o direito de amar o que fazemos?”

 

“A imortalidade nos transformou em personagens de desenho animado.”

 

“A sã consciência é superestimada […]. Prefiro ter uma consciência livre a ter uma consciência “sã”.

 

 E esses são os meus quotes favoritos desse livro, que foi uma das minhas grandes surpresas literárias de 2020.
Vocês já leram esse livro? Gostam de posts nesse formato, querem mais deles por aqui? Me contem aí, bora conversar!
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Booktag | 5,4,3,2,1

BOOKTAG | 5,4,3,2,1

Olá meu povo, como estamos? Hoje eu quero começar […]

Ghostwriter | Alessandra Torre

Li até a página 100 e… #51: Ghostwriter

Olá meu povo, como estamos? Uma de minhas leituras […]

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui