15 de novembro de 2022

Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt

  Olá meu povo, como estamos? Hoje trago a resenha de mais um livro
“trevosíneo”, batendo a meta literária de outubro.
Agora, temos uma antologia
nacional de terror/horror, digno de dar medo do escuro.
Preparem os casacos e
vamos falar sobre ‘Sangue Abaixo de Zero’.

Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna

ALERTA: Pode conter gatilhos de violência extrema e sequestro.

57/24
Livro: Sangue Abaixo de Zero
Organizadoras: Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt
EditoraDelirium
Ano: 2019
Páginas: 224
Skoob | Compre na Amazon

‘Sangue Abaixo de Zero’, antologia de contos de terror/horror, traz 12
histórias em cenários com temperaturas negativas onde os personagens sofrem um
frio intenso, com pitadas de realismo mágico, muito suspense e desespero. Em suma,
contos sombrios, absurdamente assustadores. Aqui, valorizou-se a boa construção
dos cenários onde o gelo e/ou a neve imperam, além da capacidade de incluir as
consequências do frio ou congelamento no comportamento dos personagens. Afinal
de contas, é sabido que situações de frio extremo – os capilares chegam a
congelar, micro cristais de gelo podem formar-se em seu interior –, trazem
calafrios, euforia, confusão mental, um comportamento semelhante a uma
intoxicação e, à medida que a temperatura central continua a cair, letargia,
astenia muscular, comportamento combativo, desorientação, alucinações, depressão
e etc. Um livro para ser lido e depois escondido na geladeira.

Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt

   Acho que de todos os escolhidos para a TBR de outubro, ‘Sangue Abaixo de
Zero’ foi o mais assustador.
Comprei esse livro em 2019, quando conheci a
‘Primavera em Livros’, uma feira carioca de editoras independentes. Lembro que
conheci um dos autores da Delirium e comprei dois livros autografados com ele.
   Entretanto, apesar de animada e curiosa com as tramas, deixei o tempo
passar e os exemplares ficaram na estante pegando poeira.
Um tempo depois, resolvi
desencalhar as obras e dei uma chance, tanto para ‘Noiva de Papelão’, quanto para ‘Sangue Abaixo de Zero’. E me
perguntei porque não fiz isso antes.
   Aqui temos uma antologia, trazendo 12 contos de terror/horror, com
temperaturas congelantes. Eles se passam em diversos pontos do mundo, inclusive
no Brasil, um país impossível de se associar ao frio extremo (porém os autores
mostraram que é possível, se tiver um pouco de imaginação
).

 

“Era acostumada a baixas temperaturas, porém, naquela cidade, o frio
parecia ter uma vontade divina de exterminar as pessoas.”

   Todos me surpreenderam bastante, pelo requinte de detalhes em cenas
macabras e perfeitas para te deixar com medo do escuro (sim, li à luz do dia,
para me garantir, rsrs
). Entre os contos, temos:

 

Sorriso Perverso (Carol Oliveira) – Certas promessas jamais devem ser
quebradas, muito menos esquecidas.


Draugen (Cesar Luis Theis) – Relatos de uma tripulação perdida em uma
tempestade de gelo no meio do mar.
 


O Cristal de gelo (Fabiana Prieto) – Uma equipe de geólogos encontra uma
espécie de cristal de gelo que não derrete por nada. No entanto, junto com ela,
poderão vir grandes surpresas.


O Palacete (Flavio P. Oliveira) – E se ‘Frozen’ tivesse uma versão sombria?


Clarice (Huber Teixeira Costa) – Até onde você iria para resgatar a
pessoa amada?


Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




-14° (Jeff Fritsch) – Todo cuidado é pouco ao se marcar encontros pela
internet. Nunca sabemos as reais intenções de quem está do outro lado da tela.


Onde o Mal Nasce (J. M. Menez) – E se um dia de verão brasileiro se
tornasse o extremo oposto? É o que um casal de namorados vai descobrir ao
salvar uma garotinha no meio da estrada.


Bom Garoto (Pedro Icaro) – Algumas pessoas odeiam o frio, mas até onde elas
iriam para se proteger dele?


Crimes Avulsos (Raíssa Arenhardt) – A saga de um rapaz lidando com as
vozes na sua cabeça, enquanto tenta encontrar novamente sua equipe no meio do
gelo.


Ao Vivo (Robson Pedrosso) – A primeira viagem internacional de um influencer, transmitida ao vivo para os fãs.
Mas nem tudo sairá como o esperado.


Pompeia Negativa (Rodrigo Otiz Vinholo) – O que você faria se fosse a
única sobrevivente em uma cidade congelada de repente?


As Sombras do Expressionismo Gelado (Vitor Henrique) – As aventuras de
uma arqueóloga explorando um sítio congelado. Porém, precisa ficar atenta aos
detalhes e à realidade, que pode ser chocante.

 


“Toda cidade, por minúscula que seja, tem um mistério, uma casa
assombrada e uma mentira espalhada como verdade.”

 

   Todos os contos são relativamente curtos, com cerca de 15-20 páginas.
Então, a leitura foi mais rápida do que esperava. 
   Mas não sem me deixar
surpresa
(embora nem devesse mais) com a capacidade humana de fazer certas
atrocidades.
Os que mais me assustaram foram ‘Sorriso Perverso’, ‘-14°’, ‘Onde
O Mal Nasce’, ‘Bom Garoto’ e ‘Crimes Avulsos’.


Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




   Em especial, ‘-14°’ relata o resultado de um encontro marcado por um app de namoro, algo super comum hoje em
dia. Contudo, depois que saiu ‘O Golpista do Tinder’ na Netflix, explodiram as exposições de casos desse tipo
nos jornais. 
   E não foi por acaso: as pessoas buscam nesses app’s alguém legal para se relacionar e ter, quem sabe, um futuro a
dois. Mas exatamente por isso também é um bom lugar (sqn) para se ter golpes
dos mais variados tipos.
   No caso do conto, eu fiquei com medo de verdade e imaginei que eu
poderia ser mais uma vítima, convencida por um bom papo e uma cara bonita.

Porém, sem enxergar as reais intenções do rapaz até ser muito tarde.

 

“Eu já não tenho mais certeza e nem entendo
muitas coisas, então não entender é algo que já não me incomoda tanto.”

 

   Além disso, o autor se baseou em fatos reais e recorrentes nos jornais
hoje em dia
(que não falarei, para não soltar spoiler), porém não damos tanta atenção quanto deveríamos.
Felizmente a protagonista foi esperta e conseguiu agir com rapidez. 
   Mas fiquei
pensando em quantas outras pessoas não teriam o sangue frio dela, ou mesmo sua
velocidade para pensar numa saída
. Isso é o mais assustador e me convence de
que esse não é um recurso confiável para se ter um(a) parceir(a).
   ‘Bom Garoto’ e ‘Crimes Avulsos’, por sua vez, são contos mais de horror,
onde nossa mente pode ser nossa pior inimiga. 
   Aqui vemos o quanto ainda temos
que aprender sobre nosso próprio cérebro e o quanto ele pode nos enganar,
criando realidades que não existem.
Contudo, na hora que o medo fala mais alto,
não paramos para questionar isso.
   Já ‘Sorriso Perverso’ e ‘Onde O Mal Nasce’ trazem um teor mais
fantasioso (ou não, dependendo do ponto de vista), porém não sem te deixar com
frio na espinha. Ambos trabalham com requintes de detalhes que desafiam nossa
imaginação. 
   O tempo todo me perguntava se era real ou delírio tudo o que estava
acontecendo
e terminei de ler com o queixo caído, tamanha a criatividade para o
final.
   Aliás, todos tem um desfecho fechado, o que muito me surpreendeu. Além
disso, os personagens foram bem trabalhados e adorei da maioria. 
   Cada conto
tinha o título e o nome do autor na frente, assim eu pude fechar a chave de um
e ir para outro, sem me sentir perdida.

Sangue Abaixo de Zero | Carol Oliveira e Raíssa Arenhardt
Foto: Hanna Carolina/Mundinho da Hanna




   Porém, mesmo que não tivesse, a experiência de leitura também teria sido
muito boa. Isso porque eles mantiveram um padrão semelhante e não notei a
diferença de escrita de nenhum dos escritores.

   Em relação ao livro, a edição é simples e bem
feita. 
A revisão está de parabéns e gostei da escolha para diagramação e fonte,
as quais permitiram uma leitura mais confortável. Minha única reclamação é em
relação à capa. Achei amadora demais e não tem muito contraste entre as cores
da fonte e do cenário. 

   A não ser isso, recomendo a leitura, especialmente se
você gosta de 
contos assustadores.

   E aí, já leram esse livro? Curtem contos de terror nacionais? 










Obs.: Texto revisado por Emerson Silva
Postado por:

Hanna de Paiva

Gostou? Leia esses outros:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments

Classificação de resenhas

Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo

anuncie aqui